Fenômeno natural raríssimo dá origem a discos de gelo em rios russos

China e Estados Unidos já registraram ocorrências semelhantes.

No final de novembro, começaram a circular nas redes sociais diversos vídeos mostrando curiosas “panquecas” de gelo na água.

Uma delas apareceu no meio do rio Pronia, na região de Riazan. Em imagens publicadas pela moradora local Anastassia Oréchkova, é possível ver um disco de água congelada girando na superfície da água. As camadas de gelo individuais vão se juntando rapidamente ao disco, que assim aumenta de tamanho.

Outro disco semelhante foi registrado por Venera Grigórieva, moradora de Tcheboksari, que testemunhou o fenômeno no rio Bistritsa, na região de Kírov.

Mas, afinal, como esses discos se formam?

De acordo com especialistas, os discos de gelo nas superfícies da água são um fenômeno natural bastante raro. São formados quando correntes quentes e frias se misturam na água e, devido ao contraste de temperatura sob o gelo, surge um pequeno redemoinho. Ao mesmo tempo, os pedaços de gelo começam a girar lentamente e outras camadas de gelo se juntam a eles. Durante a rotação, uma forma perfeitamente redonda com bordas suaves é criada.

Este fenômeno natural já foi observado na China e nos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM: Como funciona o transporte público na Rússia quando está -50°C lá fora?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies