Rússia bate recorde de novos casos e mortes por covid-19 em um único dia

Reuters
País registrou quase 14.000 infecções em 24 horas pela terceira vez em uma semana, de acordo com o centro nacional de informações sobre coronavírus.

A Rússia registrou 13.868 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados nesta terça-feira (13), elevando o número oficial de casos para 1.326.178 e batendo um novo recorde de infecções diárias.

Em termos relativos, a taxa de transmissão passou de 1% para 1,1%. No total, 271.427 pessoas estão atualmente se tratando de complicações da covid-19 na Rússia.

Moscou, o epicentro do surto de coronavírus no país, com 4.618 novas infecções confirmadas, também registrou o maior número de casos desde meados de maio.

O prefeito da capital russa, Serguêi Sobiânin, descreveu as restrições da cidade como “leves” e pediu aos residentes que continuem a tomar precauções antes do lançamento de uma vacina contra o coronavírus.

O número de casos diários na Rússia dobrou ao longo do último mês. Autoridades em cerca de 35 das 85 regiões russas instituíram restrições na tentativa de retardar a propagação do vírus.

Paralelamente, foram registradas 244 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, contra 125 no dia anterior, a contagem mais alta desde o início da pandemia. O recorde anterior de mortes em um só dia na Rússia era de 232 pessoas, em 29 de maio.

No total, 22.966 pessoas morreram em consequência do novo coronavírus no país desde o início da pandemia. De acordo com a agência estatal de estatísticas da Rússia, que publica dados mensais, isso é pelo menos metade do número real de mortes.

LEIA TAMBÉM: Venezuela é primeiro país latino-americano a receber vacina russa contra coronavírus

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies