Garotas asiáticas segurando livros russos: a nova sensação fotográfica da internet (FOTOS)

Getty Images, Russia Beyond
Por algum motivo obscuro, um usuário do Twitter coleciona fotos românticas de garotas asiáticas lendo livros russos na rede social chinesa Weibo há anos...

No final de julho, o usuário russo do Twitter @toshihijimayo começou uma discussão apresentando jovens asiáticas com livros em russo nas mãos.

“Esta coleção de fotos não é algo que eu tenha achado pronto em outro site. Eu mesmo coletei todas as fotos da rede social chinesa Weibo. E não foi de propósito: apenas me deparei com essas fotos, entre os inúmeras outras ali postadas. Eu as coleciono há anos. Uma delas data de 2018 no meu computador”, diz @toshihijimayo.

Aparentemente, as modelos não falam russo. Por exemplo, esta abaixo segura um livro intitulado “Uso de fertilizantes minerais em países estrangeiros”.

Enquanto esta estuda “Princípios Leninistas da Política Externa do Estado Soviético”.

Esta modelo está interessada no “Método Integral de Contorno”.

Esta garota está sentada próximo a um livro sobre metalurgia.

Estas duas amigas devem estar discutindo “Física da Fusão Nuclear”.

Um “Dicionário Russo-Inglês”, caso alguém precise...

Esta garota adormeceu lendo o fascinante “Telhador para telhas asfálticas e Coberturas Metálicas”.

Outro usuário do Twitter encontrou a foto de uma jovem lendo “Manutenção de Movimentadores da Terra” como quem se derrete com “Anna Kariênina”.

O organizador da coleção de fotos destaca que, na verdade, os asiáticos raramente usam livros russos na produção fotográfica, preferindo em geral literatura em inglês. Mas não é que às vezes a literatura russa encontra espaço até mesmo em videoclipes asiáticos? Por exemplo, neste clipe da banda sul-coreana GFriend, que traz um livro do poeta russo Innokenti Annenski:

LEIA TAMBÉM: Vladímir, Borís, Geórgui e outros nomes russos que todo mundo pronuncia errado

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies