Como transferir dinheiro de e para a Rússia

Getty Images
Aplicativos de transferência on-line e e-wallets agilizam processo – mas é preciso ficar também atento a taxas e comissões.
  1. Conta corrente para conta corrente

A maioria dos bancos do mundo todo permite que seus clientes façam transferências de dinheiro para o exterior a partir de seus aplicativos móveis. E a maioria dos bancos russos também permite isso. Para enviar dinheiro de sua conta bancária para alguém com conta em um banco estrangeiro é preciso apenas o número do cartão/IBAN e nome do destinatário. Usando o aplicativo móvel do banco e as informações necessárias, transferir dinheiro da Rússia para o exterior é muito fácil.

O mesmo princípio se aplica ao transferir dinheiro do exterior para a Rússia. Via de regra, os bancos cobram uma pequena comissão por cada transferência. Cada banco pode ter regulamentos diferentes, mas, em geral, a taxa corresponde a uma certa porcentagem do valor transferido.

  1. Western Union e outros serviços financeiros

Western UnionTransferWise e outros serviços semelhantes também operam na Rússia. Eles facilitam a transferência de dinheiro para dentro ou fora do país. Basta visitar o site ou baixar aplicativo correspondente e seguir as instruções. Mesmo assim, fique atento, pois a comissão desses serviços pode ser mais alto em alguns casos.

  1. PayPal

Enviar dinheiro via PayPal para uma pessoa na Rússia ou cobrar um cliente da Rússia por meio do serviço é tão fácil quanto parece. Basta vincular seu cartão ou uma conta bancária ao PayPal e – pronto. Mas vale destacar que a comissão do PayPal é relativamente alta. O serviço pode cobrar desde 0,4% a 3,4% do valor transferido, dependendo das condições da transferência.

Além disso, transferir dinheiro via PayPal dentro da Rússia não é mais possível; o serviço interrompeu esse recurso para clientes russos no final de julho de 2020.

  1. Depósito direto

A maioria dos bancos, estrangeiros e locais, permite que os clientes depositem dinheiro em contas de qualquer outro banco dentro ou fora da Rússia em uma agência bancária local. Para transferir dinheiro desta forma, é preciso ter todas os dados necessários: nome do beneficiário, banco e número de conta do beneficiário, e código SWIFT. Essas informações podem ser obtidas facilmente no site do banco ou por aplicativo móvel. O principal problema desse método é que muitas vezes leva alguns dias para o dinheiro chegar à conta do destinatário.

A maioria dos bancos também cobra comissão por esse serviço: o russo Sberbank, por exemplo, não cobra comissão por depósitos de 50.000 rublos (aproximadamente R$ 3.660) ou menos; no entanto, acima desse valor, some 1% acima de qualquer quantia.

  1. E-wallets

As e-wallets, ou carteiras eletrônicas, são o método de transferência de dinheiro que se tornou mais popular nos últimos anos. Na Rússia, um dos e-wallets mais usados é Qiwi. O serviço permite que seus usuários transfiram uma quantia limitada de dinheiro para quem também possui e-wallet na mesma empresa ou mesmo em outra.

Qiwi cobra uma taxa de comissão de 2% da quantia, mais uma taxa fixa de 50 ou 100 rublos (aproximadamente R$ 3,67 a R$ 7,33) por transferência. Este método também restringe pagamentos anônimos para valores maiores que 15.000 rublos (R$ 1.100). Aqui você pode encontrar uma lista de outras carteiras eletrônicas disponíveis.

LEIA TAMBÉM: 5 dicas para trocar moeda na Rússia sem cair em furada

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies