Em conversa telefônica, Bolsonaro e Putin falam em cooperação contra coronavírus e Brics

Reuters
Países são o segundo e o terceiro com maior número de casos. Cúpula do bloco foi recentemente adiada devido à pandemia.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, informou nesta segunda (15) que havia conversado, por telefone, com seu homólogo russo, Vladimir Putin, sobre a relação entre países, cooperação no combate ao coronavírus e próxima cúpula do Brics.

“Conversei com o presidente russo Vladimir Putin esta manhã”, escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter. “Concordamos em aprofundar a cooperação entre nossos países, inclusive na [luta contra] a covid-19. Tratamos também dos resultados que queremos atingir na próxima cúpula do Brics, em São Petersburgo”.

Nenhuma das partes ofereceu detalhes sobre a cooperação no âmbito da saúde.

As cúpulas da Organização para Cooperação de Xangai (SCO) e do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) aconteceriam em São Petersburgo, de 21 a 23 de julho. Em 27 de maio, porém, a assessoria de imprensa do Kremlin informou que as duas cúpulas seriam adiadas devido à pandemia do novo coronavírus.

“As novas datas para as cúpulas dependerão do desenvolvimento da situação epidemiológica nos países-membros e no mundo em geral”, afirmou o Kremlin.

Rússia e Brasil seguem como o terceiro e o segundo países com o maior número de infeções, respectivamente. No entanto, apesar do avanço das infecções, os russos registram baixa taxa de mortalidade, com 7.284 vítimas desde o início da pandemia.

Ambos os países já iniciaram o processo de reabertura gradual da economia.

LEIA TAMBÉM: Rússia planeja exportar para América Latina medicamento para covid-19

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies