Russo que quase despencou do 14º andar é multado por violar o regime de isolamento

zeshers/Visual Hunt
Depois de escapar da morte, morador de Moscou não conseguiu fugir da multa.

Um homem de 36 anos perdeu o equilíbrio ao tentar tirar uma selfie no parapeito da janela no 14º andar de um edifício residencial em Moscou. Mas o que poderia ter se transformado em tragédia acabou criando uma situação bastante paradoxal, segundo a imprensa russa, citando um comunicado divulgado pelas autoridades policiais.

Ao se desiquilibrar, o indivíduo conseguiu se agarrar a uma estrutura externa do prédio e permaneceu suspenso por quase 15 minutos. Não tendo forças para ajudá-lo, a mulher que também estava no apartamento teve de esperar pelo reforço da polícia.

No entanto, logo depois de resgatar o homem, a polícia percebeu que algo estava errado. Ficou claro que o homem era um visitante, e sua residência ficava no prédio ao lado. Ambos seguiram à delegacia, onde foram multados por violar o isolamento.

VEJA TAMBÉM: Sistema de autorização digital gerou resultado contrário ao esperado e tumultos em Moscou

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies