6 nomes (russos ou não) que a Rússia toda adora e podem te inspirar!

Legion Media
Elena é o nome feminino mais popular na Rússia na atualidade. Mas existem muito mais opções!

Enquanto a globalização continua reduzindo as fronteiras culturais, dar um nome estrangeiro a uma criança não é grande novidade (desde que não se trate de “Adolf” ou “Osama”). Há nomes russos lindos, e aqui apresentamos uma lista dos maiores “hits”, desde os tempos antigos até os dias de hoje.

  1. Aleksandr - Aleksandra (apelido: Sasha)

Um nome bastante internacional (está presente nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e outros países europeus em versões diversas), ele tem origem grega, mas é, sem dúvida, o nome mais predominante na Rússia. Apenas para dar um exemplo: três imperadores da família Românov se chamavam Aleksandr.

O primeiro derrotou Napoleão em 1812, o segundo aboliu a servidão em 1861 e o terceiro conseguiu manter a Rússia fora de qualquer guerra durante seus treze anos de reinado. Nada mal, hein?

Mas, à parte a realeza, Aleksandr é o nome mais popular na Rússia e, desde a década de 1950, bate todos os outros candidatos em números absolutos. Ele também tem uma versão feminina, Aleksandra. As versões masculina e feminina têm o mesmo apelido: Sasha.

  1. Ivan (apelido: Vânia)

Apesar de Aleksandr ter sido muito mais popular que Ivan no século passado, este é um clássico absoluto. E não se assuste em descobrir que, na Rússia, Vânia não é nome: é apelido de Ivan. Surpreendentemente, o nome Ivan, apesar de popular no país, também não tem origens russas. Suas raízes remontam ao antigo nome judaico João. No entanto, Ivan se tornou extremamente popular depois que o cristianismo chegou à antiga Rus, na Idade Média.

O folclore russo reflete este nome glorioso de uma maneira um tanto estranha: o personagem mais popular de contos de fadas se chama Ivan Durák, que significa “Ivan, o Bobo”. Tolo e franco, ele é considerado um idiota completo, mas triunfa no final, superando seus inimigos, casando-se com uma linda princesa e se transformando em Ivan Tsarevitch (em português, "Ivan, o Príncipe"). Só desejamos que, desde o início, seu futuro filho Ivan seja um “tsarevitch” e não um “durák”.

  1. Elena (apelido: Lena)

Elena é chamada de "A Bela" desde o início dos tempos em contos de fadas. Ela geralmente é uma princesa que o herói deve salvar de forças do mal ou vilões.

Segundo uma pesquisa da ferramenta de buscas “Yandex” nas redes sociais, Elena foi o nome feminino mais popular na Rússia em 2012 – pelo menos com base no número de páginas de redes sociais registradas sob este nome.

  1. Sofia (apelido: Sônia)

Não é de surpreender, já que com certeza uma porção de crianças mundo afora se chama Sofia na atualidade (será um grande desafio para os vestibulares brasileiros distribuírem salas e mais salas de Sofias daqui a 10 ou 15 anos!). A partir de 2015, o nome mais popular na Rússia dado a recém-nascidas também foi Sofia. É sorte que a onda do “Enzo” não pegou entre os russos, evitando mais um exército de crianças homônimas.

Sofia também não é originalmente um nome russo, e suas origens também remontam à Grécia. No cristianismo, a Santa Sofia era considerada a mãe de meninas chamadas Fé, Esperança e Amor. Aliás, todas essas palavras são nomes já antigos em russo: Vera ("Fé"), Nadiêjda ("Esperança) e Liubóv ("Amor").

  1. Maksim (apelido: Maks)

Este nome é latim, e goza de enorme popularidade ultimamente – virando uma espécie de “Enzo” da  Rússia, atrás apenas do nome Aleksandr nos últimos dois anos. Um ponto positivo é que ele é fácil de lembrar em qualquer país, principalmente quando chamado pelo apelido, “Maks”.

Talvez o Maksím mais conhecido da história da Rússia tenha sido Górki, o grande escritor proletário do Realismo Socialista. Existe também um parque em Moscou em sua homentagem. Ironicamente, porém, Maksim Górki era pseudônimo, e seu verdadeiro nome era Aleksêi Pechkov.

Entre as gerações contemporâneas, o nome também é muito conhecido devido a um cantor popular chamado “MakSim”. Na realidade, porém, o “cantor” é uma mulher, então, se você quiser, pode dar o nome “Maksim” a uma menina sem problemas. Especialmente se você não viver na Rússia.

  1. Vladímir (apelidos: Volódia, Vôva) e outros nomes eslavos

Como podemos deixar de mencionar o nome Vladímir? Não por causa de Putin (ou Lênin). O interessante dos nomes russos é que a maioria deles foi tomada emprestada de outras línguas (por exemplo, Aleksandr, Elena e Sofia são gregos, Maksim é latim e Ivan é judeu) e, por isso, é difícil encontrar um nome eslavo autêntico que tenha sido usado antes da conversão da Rússia ao cristianismo, no século 9.

Mas existem, sim, alguns, e todos eles soavam muito nobres nos tempos do paganismo: Vladímir, Sviatoslav, Iaroslav e assim por diante. No passado, apenas os príncipes tinham nomes assim, que glorificavam sua força.

Vladímir, por exemplo, é a junção de duas palavras: Vladíka Míra, que significa "aquele que é dono do mundo". O príncipe que converteu a Rússia ao cristianismo também tinha esse nome.

Sviatoslav significa "glória santa", enquanto Iaroslav se traduz como "glória brilhante" e assim por diante. Esses nomes não são muito populares na atualidade na Rússia, mas, por outro lado, são tão autênticos que, ao dar um deles a seus filhos, eles soam ainda mais russo do que os próprios russos. Se você quiser algo assim, é claro!

 

LEIA TAMBÉM: O que significam os sobrenomes russos?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies