Em nova onda religiosa, russos construíram igreja ortodoxa até mesmo na Antártica (FOTOS)

Legion Media, AP
Você pode esperar por qualquer coisa nos confins da Terra... Mas uma igreja cercada por pinguins é de cair o queixo!

A Igreja da Trindade, construída em 2004, é o templo ortodoxo russo mais ao sul do mundo. Ela está localizada na ilha de Waterloo, na Antártica, no território da estação polar russa “Bellingshausen” (cujo título homenageia o descobridor do continente), e é cercada por focas e pinguins.

Igreja foi construída em Altai

A estação polar russa surgiu ali em 1968, mas a igreja só foi proposta nos anos 1990. O local físico para a construção da igreja foi escolhido em 2002, mas levou mais dois anos para erigi-la ali.

O edifício é feito de cedro, lariço e pinho. Encontraram madeira adequada para a construção perto da cidade de Gorno-Altaisk, na Sibéria, e a igreja foi construída por carpinteiros locais. Ela mede 15 metros de altura e pode acomodar 30 fiéis.

A igreja passou um ano em Altai e depois foi desmontada e transportada em caminhões, primeiro para o exclave russo de Kaliningrado e, depois, para a Antártica. Lá, em condições adversas, foram necessários 50 dias para uma equipe de 8 pessoas reconstruí-la novamente. Além disso, foi necessário proteger as paredes das chuvas locais, quase horizontais, e também instalar correntes de metal internamente para protegê-la dos fortes ventos.

Lá dentro, há uma lista de todos os que morreram no continente - cerca de 100 exploradores polares russos e soviéticos.

Padres em serviço

Os padres se alternam no local todos os anos, como outras pessoas na estação. Além do serviço espiritual, eles fazem o mesmo trabalho que outros exploradores polares: limpam a neve e trabalham com ferramentas, como serras e machados - na Antártica, sempre há algo a se fazer.

"Não tem férias na Antártica", diz o diácono Maksím Guerb. “Se tiver algum trabalho urgente, toda a estação deve se reunir, não importa o dia. Às vezes, uma missa precisa ser remarcada, por exemplo, para o início da manhã, para acomodar toda a equipe antes do início do dia útil. As missas ocorrem sempre antes do trabalho, no lugar do café da manhã.”

O ano todo

Com certeza, a Igreja da Trindade não é a única da Antártica - além dela, existem mais 7 igrejas de diferentes crenças. Mas ela é a única igreja que funciona o ano todo. As missas ocorrem todos os sábados e domingos.

Neocatequese: Missas em russo e espanhol

“Não há muitos paroquianos, só 16 pessoas passam o inverno [na estação]. Mas, para a liturgia de domingo, cerca de 5 a 6 pessoas se reúnem, e até os chilenos vêm. Eles têm sua própria igrejinha, mas não há padres, por isso alguns deles vêm até nós. É por isso que sempre lemos o evangelho em duas línguas”, explica o diácono.

Em janeiro de 2007, o primeiro casamento foi realizado ali, entre uma russa chamada Angelina e um chileno chamado Eduardo. Ele trabalhou na estação com o pai de Angelina e depois foi visitá-lo em São Petersburgo, onde conheceu a moça.

Igreja tem cópia na Rússia

Você já ouviu falar sobre a cidade de Valdai, na região de Nôvgorod? O local russo é popular entre os turistas por sua bela natureza e arquitetura antiga. Ali, em 2007, foi construída a Igreja de São Sérgio de Radonej, uma cópia exata da Igreja da Trindade na Antártica. A ideia veio de um ex-paraquedista e diretor de um centro de recreação local. As missas ocorrem aos sábados.

LEIA TAMBÉM: Tudo o que você sempre quis saber sobre a Igreja Ortodoxa Russa e nunca teve coragem de perguntar!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies