Brasil, Japão, Tailândia e outros países onde muitos não imaginam existir igrejas ortodoxas russas

Principal religião da Rússia se espalhou por diversas regiões do planeta, como podem provar os templos listados abaixo.

Brasil

A Igreja Ortodoxa Russa de Santa Mártir Zenaide, no Rio de Janeiro, foi construída nos anos 1930 por emigrantes que deixaram a Rússia soviética pós-revolucionária. O projeto da igreja foi influenciado por edifícios medievais na região de Pskov (noroeste russo).  Ao adentrá-la, é possível se sentir no coração das províncias da Rússia. No entanto, basta olhar pela janela para admirar a estátua do Cristo Redentor e o Oceano Atlântico. 

Cuba

A ideia de construir a Catedral Ortodoxa Nossa Senhora de Kazan, na capital cubana, partiu do falecido líder Fidel Castro.

LEIA MAIS: Por que estrangeiros se convertem à Igreja Ortodoxa Russa? 

“O templo de Havana foi concebido e construído como um monumento à amizade russo-cubana, como expressão de gratidão ao nosso povo, que contribuiu enormemente para a preservação de Cuba como Estado independente no desenvolvimento de seu potencial econômico”, disse o Patriarca de Moscou e toda a Rússia, Kirill, em 2008, ao consagrar a igreja. Muitos destacam que o templo cubano se assemelha àCatedral da Anunciação no Kremlin de Moscou.

Japão

A Catedral da Santa Ressurreição, em Tóquio, foi construída durante o período Meiji na década de 1880. A expectativa é que o imperador russo Nicolau 2º comparecesse à consagração do templo, em 1891. No entanto, o tsar desistiu do evento depois de alguém tentar assassiná-lo na cidade japonesa de Otsu.

México

A Igreja da Intercessão da Mãe de Deus, no México, remonta ao século 17. Anteriormente, porém, o edifício pertencia à Igreja Católica Romana e foi concedido à Igreja Ortodoxa Russa apenas em 2014. 

China

A Igreja da Dormição da Mãe de Deus, em Pequim, é o único templo ortodoxo em funcionamento na capital chinesa e está localizado no território da embaixada russa. Foi construído em 1902, mas, na década de 1950, acabou sendo transformado em uma garagem. Foi reformado e consagrado em 2009 durante uma visita de Putin à China. 

Emirados Árabes

A Igreja Ortodoxa Russa de São Filipe, o Apóstolo está situada em Sharjah, nos Emirados Árabes. Inaugurada em 2011, está é  única igreja russa na Península Arábica e Pode acomodar até 20.000 fiéis.

Tailândia

Não há muitos fiéis ortodoxos na Tailândia – cerca de mil apenas –, mas existem 10 igrejas ortodoxas no país. Recentemente, foram construídos na ilha de Phuket tanto um seminário ortodoxo como a igreja de Santo Inocêncio, o Metropolita de Moscou.

Camboja

A primeira igreja ortodoxa russa do Camboja, de São Pantaleão, o Grande Mártir, foi inaugurada há três anos. Os cristãos compreendem apenas 2% da população locais e há ainda menos fiéis ortodoxos. Ainda assim, existem quatro templos ortodoxos no país.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies