3 razões pelas quais as russas estão entre as mais belas do mundo

Legion Media; Pixabay; Vyacheslav Prokofiev/TASS
Claro que existem milhões de razões, mas as três seguintes são as principais. Discorda?

1/ Diversidade étnica

A beleza das mulheres russas é frequentemente elogiada. Mas por que elas atraem pessoas de nações e etnias tão diferentes? Isso provavelmente se deve ao fato de as russas serem etnicamente diversas.

Uma russa pode representar diferentes etnias e partes diferentes do país – da Rússia Central e do Sul...

às tártaras e orientais.

Existem tantas etnias na Rússia que a maioria dos russos é mestiça – e, segundo um estudo científico dos EUA, pessoas de raça mista são vistas como mais atraentes. Por quê? Instintiva e subconscientemente, os seres humanos entendem que descendentes híbridosteriam potencialmente maior aptidão genética do que os descendentes puros.

A ideia é que híbridos descendem de um grupo maior de ancestrais e têm mais “memória genética”, o que os torna mais imunes a infecções e doenças. Tais indivíduos seriam então percebidos pelos outros como preferíveis ao formar um par.

2/ Recursos estéticos

As russas são conhecidas por se arrumarem bastante e se maquiarem, ainda que seja apenas para ir a uma loja de departamentos. De fato, ao se aprofundar no que é necessário para se vestir e se apresentar como as mulheres russas, ficaria surpreso com a quantidade de esforço (e custo) para manter o “tradicional” look chique.

E o nível de serviços de beleza oferecidos na Rússia é realmente diferente dos da Europa ou dos Estados Unidos, por exemplo. Se você está procurando cabelereiro ou manicure de alto nível, as russas sabem não apenas onde obtê-lo, mas também conseguem escolher o melhor dos melhores com alguns cliques on-line. Atualmente, a noção de beleza russatambém tem tudo a ver com maquiagem de primeira linha disponível na Rússia – não apenas em Moscou e São Petersburgo, mas no país todo.

3/ Inteligência

A capacidade intelectual é geralmente aceita como um dos principais fatores de atratividade humana – e que casualmente chamamos de “beleza”. A esse respeito, a Rússia está entre os líderes do mundo. O país foi um dos primeiros da história a introduzir a educação para mulheres. O Instituto Smolny para Donzelas Nobres foi fundado em 1764 e, um ano depois, abriu uma divisão para jovens pertencentes a famílias burguesas. Durante as décadas de 1850 a 1870, a Rússia foi um dos primeiros países a introduzir o ensino superior para mulheres.

Atualmente, 37% das mulheres russas têm formação acadêmica. Embora esse número tenha mudado ao longo dos anos, sempre houve mais mulheres russas com ensino superior do que homens. Um estudo centrado na década de 2010 mostra que as russas ocupam um lugar significativo nas ciências. Em 2016, 40% dos cientistas na Rússia eram mulheres. Em alguns ramos da ciência, inclusive, as mulheres até dominam: ciências sociais (quase 60%), medicina (mais de 60%), ciências agrícolas e humanitárias (pouco menos de 60%). Quando se fala em ciências naturais, química e biologia (incluindo psicologia), as mulheres também têm uma maioria decisiva.

LEIA TAMBÉM: Os golpes das belas moças russas que “te amam” (#sqn)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies