Militares venezuelanos e chineses chegam ao exclave russo de Kaliningrado

Juan Carlos Hernandez/Global Look Press
Tropas participarão da competição internacional “Desembarque Marítimo 2019”.

Fuzileiros navais do Exército Popular de Libertação da China e da República Bolivariana da Venezuela chegaram à Frota do Báltico para participar do concurso internacional das tropas aerotransportadas “Desembarque Marítimo 2019”, segundo anúncio do Ministério da Defesa da Rússia.

“São os primeiros grupos estrangeiros que chegaram à Rússia para a competição. O próximo será proveniente do Irã ”, disse o porta-voz da Frota do Báltico.

A competição será realizada entre 3 e 17 de agosto em Kaliningrado, exclave russo no coração da Europa sem conexão terrestre com o resto do país, 1.255 km a oeste de Moscou.

Segundo os militares, as equipes estudarão as seções da rota e buscarão se familiarizar com as posições dos alvos e equipamentos militares.

O juiz principal da competição é o comandante das Forças Costeiras da Marinha russa, coronel Maksím Jurilov.

LEIA TAMBÉM: Caça Su-30 venezuelano intercepta avião espião dos Estados Unidos

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies