Da América Latina à Europa, confira 12 aviões russos superdecorados

As aeronaves russas são muito populares no exterior. Veja abaixo como helicópteros e aeronaves do país foram decoradas for forças aéreas da Europa e América Latina.

O Mil Mi-24 abaixo, da Força Aérea Húngara, pode ter uma pintura um pouco exagerada, mas deixa claro que esta máquina é uma verdadeira ave de rapina.

Algum artista da Força Aérea Tcheca pensou que decorar um Mi-24 como se fosse a criatura do “Alien” poderia ser uma boa ideia...

A Luftwaffe operava os MiG-29 herdados da extinta República Democrática Alemã. Este avião em particular foi pilotado pelo tenente-coronel Tom Hahn. A foto foi tirada no golfo do México, durante um exercício de treinamento conjunto em maio de 2003. 

Os “tanques voadores” da aviação militar do Peru foram revestidos durante algum tempo por uma pintura agressiva. A mensagem era bem clara: não se aproxime!

O cavalo – imaginamos que, como um símbolo de poder e pureza, – foi usado para decorar este Su-22 polonês...

..., embora um tigre também sirva para dar um toque a mais a qualquer avião.

Já os tchecos (e isso considerando que eles não têm saída ao mar), na tentativa de robustecer o MiG-23, optaram por um grande predador aquático: o tubarão.

Este MiG-21 recebeu o tabuleiro de xadrez da bandeira croata em toda a fuselagem.

Mesmo que o veterano MiG-21 tcheco abaixo pareça gracioso, suas metralhadoras poderiam facilmente enganá-los.

Quando o MiG-21 tcheco se encontrar com este húngaro, o sorriso em seu rosto irá desaparecer na hora.

Outro tigre, porém polonês.

E se você gosta do filme “Tubarão”, não se assuste: este enorme helicóptero russo Mi-26 voa com dentes de predador.

VEJA TAMBÉM: 4 presidentes latino-americanos atuais que experimentaram armas russas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies