Em Cuba, Lavrov inaugura com Raúl Castro estátua no Capitólio reformada com ajuda russa

Ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguêi Lavrov (à esq.), e o presidente de Cuba, Raul Castro (à dir.), na inauguração da estátua da República no Capitólio, em Havana, em 24 de julho de 2019

Reuters
Além de investimento, Rússia forneceu especialistas para restaurar obra de 18 de metros de altura.

Durante visita oficial a Cuba, antes de chegar ao Brasil nesta semana, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguêi Lavrov, participou da inauguração da estátua da República no Capitólio. Esta é a terceira maior do mundo situado dentro de um prédio, e foi restaurada e banhado em ouro com pessoal e investimento russos.

Mais de 20 especialistas da Rússia restauraram e aplicaram uma fina camada de ouro de 24 quilates no monumento de 18 metros de altura.

Segundo Lavrov, em declaração durante o evento, o ouro que cobre a estátua é “tão autêntico como a amizade inquebrável que une Cuba e Rússia”. O projeto de restauração conjunta do Capitólio também inclui a reparação e da cúpula dourada do edifício que custa US$ 9,6 milhões.

Ainda em Havana, o chanceler russo se encontrou com o seu homólogo cubano Bruno Rodríguez Parrilla, e declarou que os países farão todo o possível para que “as tradições formadas há décadas continuem se fortalecendo”.

LEIA TAMBÉM: Rosatom e Bolívia assinam acordo para cooperação na indústria de lítio

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies