Metrô de Moscou ganhará em breve nova linha circular; confira estações

Parcialmente inauguradas, paradas ostentam estilo próprio.

Uma grande linha circular, com mais de 40 quilômetros de extensão, será inaugurada em breve no metrô de Moscou. A nova rede vai formar um círculo ligando várias estações de linhas radiais que partem do centro da cidade. Será composta, no total, por 31 estações, sendo 19 delas de baldeação.

A primeira seção da nova linha foi aberta em 2018, ligando Savelovskaya e Delovoy Tsentr, nos subúrbios ocidentais da cidade. A conclusão da grande linha circular é esperada para 2023. Cada estação tem aparência e conceito próprios; e cada qual é projetada por um arquiteto diferente. 

TsSKA (lê-se TsSKA) – já inaugurada

Estação localizada no Campo de Khodynka, não muito distante de um antigo aeródromo abandonado. Um dos maiores shopping centers e complexos esportivos da cidade fica situado nas proximidades.

Savelovskaya(lê-se Saviólovskaia) – já inaugurada

Liga uma estação de trem interurbano homônima à linha cinza do metrô de Moscou. Seus interiores são contidos, com superfícies de granito cinza e preto.

Agora veja como serão algumas das novas estações:

Lefortovo(lê-se Lefórtovo) – 2019 

O design desta estação lembra as antigas mansões aristocráticas: colunas de mármore, grandes lustres e painéis pretos com ornamentos florais.

Michurinsky Prospekt(lê-se Mitchúrinski Prospékt) – 2020

Esta seção do metrô no sudoeste de Moscou está sendo construída em parceria com chineses. É por isso que a Michurinsky Prospekt terá temática oriental. No interior, haverá colunas vermelhas, e o hall será repleto de hieróglifos sobre amizade.

VEJA TAMBÉM: Metrô de Moscou ou palácio? Faça o teste e descubra 

Sobre o solo, na própria Michurinsky Prospekt (avenida), haverá um enorme pavilhão vermelho e preto com baldeação para diferentes linhas.

Rubtsovskaya(lê-se Rubtsóvskaia) – 2020

Coberta de granito cinza, estação terá nichos iluminados em formato de escotilha lembrando um aquário.

Zyuzino(lê-se Ziúzino) – 2020

Com cara de colmeia, estação será decorada com painéis amarelos e pretos, e o teto, coberto de favos de mel.

Sheremetyevskaya(lê-se Cheremétievskaia) – 2022

Para esta estação, os arquitetos escolheram um estilo ‘porcelana’: a decoração consiste em colunas tipo chaleira, e os painéis de mármore na parede serão cobertos com um padrão imitando pequenas rachaduras. 

Stromynka(lê-se Stromínka) – 2022

As entradas para a Stromynka serão quase totalmente transparentes, e seu teto, decorado com insertos perfurados. No interior, a estação terá um estilo high-tech, em vermelho e branco. 

Aminyevskoye Shosse(lê-se Amínievskoie Chossé) – 2022

A característica mais interessante desta estação será um teto que imita ondas do mar e com iluminação incomum.

Rzhevskaya(lê-se Rjévskaia) – 2022

O foco arquitetônico desta estação no nordeste de Moscou será um relógio digital enorme, de parede a parede. A ideia é que o metrô seja não apenas um meio de transporte, mas também um portal do tempo. As plataformas serão decoradas com arcos clássicos, simbolizando os portões da cidade.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies