Metrô de Moscou ganhará 14 novas estações em 2019; veja fotos

Inauguração de primeiro trecho da nova linha rosa, na região sudeste da capital russa, está prevista entre março e abril.

O ano de 2018 foi cheio de novidades e inaugurações no metrô de Moscou: não é por acaso que foi apelidado de “o ano do metrô”. Mas 2019 promete não ser menos importante para a principal rede de transporte público da cidade, segundo anunciou o vice-prefeito moscovita Marat Khusnullin.

Além da abertura de seis novas estações em linhas já existentes, está prevista a construção de uma nova linha, que será chamada Nekrassovskaya. Caracterizada pela cor rosa, a 15ª linha do metrô de Moscou terá 15 km de comprimento e ligará 8 estações na parte sudeste da cidade, de Nizhegorodskaya a Nekrasovka.

VEJA TAMBÉM: 9 passos para andar de metrô em Moscou como um local 

A estação Nizhegorodskaya, conectada à Grande Linha Circular, foi projetada em estilo colorido e minimalista, que relembra peças de Lego em alguns detalhes.

A estação Stakhanovskaya, por sua vez, é uma homenagem ao estilo da vanguarda soviética dos anos 1920 e 1930, com as cores vermelho, cinza e preto. O interior fará referência aos trabalhadores da URSS e ao recorde do mineiro Aleksêi Stakhanov.

A estação Okskaya leva o nome da rua homônima, em homenagem ao rio Oka: não é por acaso que os interiores são inspirados por temas aquáticos.

A Yugo-Vostochnaya terá tons de bege, amarelo, preto e cinza, com piso de granito marrom.

A Ulitsa Dmitrievskogo é dedicada ao tenente Boris Dmitrievski, herói da União Soviética que morreu em 1945.

Já a Lukhmanovskaya, deve seu nome a um famoso livreiro e colecionador de antiguidades que trouxe de volta à vida uma aldeia saqueada por tropas napoleônicas em 1812.

No total, conforme divulgado pelo jornal “Rossiyskaya Gazeta”, serão abertas 14 novas estações de metrô em 2019. A inauguração do trecho entre Nekrasovka e Koshino deve ocorrer entre o final de março e o início de abril. A segunda parte da linha rosa, no entanto, está prevista para abrir aos passageiros até dezembro.

Confira abaixo mais fotos do projeto:

Baseado em artigo publicado pela agência RBC

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies