Fotos e vídeos de animais brincando na neve derreterão seu coração; veja

Eles parecem gostar dos flocos que caem do céu mais do que os seres humanos.

A neve enfim chegou a Moscou. O inverno deste ano parecia ser tardio, mas, na semana passada,  os primeiros flocos caíram nas ruas da capital. Um manto branco se formou também no zoológico da cidade, onde vive o gato-de-pallas, conhecido como Manul, um pequeno felino selvagem comum na Ásia Central. 

Antes, o gato não parecia completamente feliz com a chegada da geada.

Os animais que vivem livremente na natureza parecem estar bem mais acostumados à neve do que aqueles mantidos em zoológicos.

Esta raposa-do-ártico, por exemplo, se mostra totalmente à vontade em meio a essa imensa extensão de neve.

Assim como esta lebre.

Um fotógrafo cruzou com essa raposa em Tchukotka, no Extremo Oriente do país. E o animal não parecia nem um pouco assustado...

As reações dos animais do zoológico com a queda da primeira neve são extraordinárias. Neste vídeo, uma leoa parece agradavelmente surpresa com os flocos caindo do céu...

E o que dizer sobre esses? Tão fofos!

Este leopardo-das-neves vive no zoológico de Moscou e, como era de se esperar,  adora nevascas, independentemente da época do ano.

O vídeo abaixo, por exemplo, foi filmado em março de 2018.

Olhe para este bebê tigre e veja como gosta de brincar na neve com sua mãe.

Você se lembra do urso Stepan? Ele também ama neve!

A reação desses cavalos é excepcional.

Dá para imaginar o quanto este cachorro está se divertindo?

Este cãozinho quer a todo custo brincar com a criança na neve.

Os gatos não são grandes fãs de água, e, talvez, nem mesmo de neve... esses olhos arregalados falam por si mesmos.

Talvez, este seja o gato mais feliz com a chegada do inverno.

LEIA TAMBÉM: Por que os moscovitas ficam tão felizes com a cidade coberta de neve? 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies