Por que os moscovitas ficam tão felizes com a cidade coberta de neve?

Vitaliy Belousov/Sputnik
Neve não caiu no Natal e no Ano Novo; moradores viram primeira geada do ano apenas no final de janeiro.

Os moscovitas adoram reclamar: reclamam do trânsito, dos preços altos, do centro lotado, do calor no verão, das chuvas… E, com certeza, o inverno é algo que deixa metade da Rússia à beira da depressão.

Mas foi uma surpresa nesta estação que a primeira nevasca forte só tenha atingido Moscou no final de janeiro. No fim de semana de 20 e 21 de janeiro, as ruas da cidade finalmente tornaram-se brancas, e, embora seja difícil de acreditar, os taciturnos moscovitas gostaram!

“Isso é o verdadeiro inverno”, foi uma das legendas mais populares no Instagram, acompanhando fotos de pessoas na neve - jogando bolas de neve, andando de trenó e fazendo todo tipo de atividade de inverno.

O recorde de neve até agora neste inverno foi de 20 centímetros, o suficiente para fazer até os mais preguiçosos saírem de casa. Enquanto motoristas continuam a reclamar - um homem não conseguiu achar seu carro coberto de neve - outros passaram o fim de semana manejando máquina de remover neve que passavam pelas ruas da cidade.

Façamos, portanto, um passeio pela terra nevada de Moscou que fará você amar o inverno e a neve tanto quanto os russos (em doses moderadas).

O que é melhor que um passeio de carruagem? Você pode fazer um no parque Kolomenskoie sem nem deixar a cidade.

O maior rinque de gelo da Europa, localizado no parque da época soviética VDNKh, também fica lotado.

Assim como outros parques locais.

Fazer um boneco de neve é algo que toda criança russa aprende desde cedo.

E, quando você é adolescente, é obrigatório construir um castelo de neve!

Enquanto a maior parte dos russos odeia esportes de inverno na escola (porque têm que ir para fora com esquis), quando crescem, eles fazem isso voluntariamente.

Praticar snowboard é possível em todos os lugares. Por falar nisso, você sabia que Moscou é chamada de cidade das “sete colinas”, assim como Roma?

Sem comentários. Russos deslizando em carros soviéticos.

Qualquer monte ou banco de neve no quintal imediatamente se torna uma pista para deslizar.

Nos tempos soviéticos, quem não tivesse um ledyanka adequado (objeto azul em que os garotos desliza) ou trenó, podia usar a própria mochila ou uma folha de papelão.

Bicicletas não são algo visto com frequência nas ruas russas durante o inverno. Mas algumas pessoas praticavam mountain biking na neve.

Enquanto moscovitas aproveitam as temperaturas “amenas” de 10 graus negativos, veja como essas garotas siberianas se exibem com seus cílios congelados a 47 graus negativos.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies