Regiões muçulmanas da Rússia lideram em estilo de vida saudável

Reuters
Até 2019, a proporção de russos que praticam esportes regularmente deve aumentar para 38%, dos atuais 36%. Entre as regiões com melhores índices estão Daguestão e Kabardino-Balkária. Já a Sibéria e o Extremo Oriente russo, figuram na lanterna.

O Cáucaso do Norte ficou em primeiro lugar no ranking das regiões russas onde se segue um estilo de vida saudável, revelou estudo da agência de notícias Ria Novosti.

A classificação foi elaborada levando em conta fatores como o consumo de álcool, fumo, drogas, prática esportiva e condições de trabalho.

Com base nesses critérios, o Daguestão, a maior república do Cáucaso do Norte, assumiu o topo do ranking, desbancando a favorita do ano passado, a República da Tchetchênia. A seguir, estão Kabardino-Balkária, Krasnodar e Inguchétia.

Com exceção de Krasnodar, todas essas regiões são predominantemente muçulmanas, o que se reflete no baixo consumo de álcool.

VEJA TAMBÉM: Fotos expõem culto a masculinidade entre homens no sul da Rússia 

Birobidjan, que pertence à região autônoma judaica (na Rússia asiática), Kamtchatka, regiões de Magadan e Amur, juntamente com Transbaikal, registraram o estilo de vida menos saudável no país – apesar da evolução positiva ao longo dos últimos anos.

Os resultados do estudo mostram que, em 2017, 36,8% dos russos praticavam esportes sistematicamente, um aumento de 2,6 pontos percentuais em relação ao ano anterior. O governo russo pretende elevar esse percentual para 38% até 2019.

A pesquisa revela ainda que o consumo de tabaco e derivados caiu para 29% da população após a introdução da lei antitabaco em locais públicos em 2013 – na época, o índice de tabagismo chegava a 37,1%.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies