Como Stálin usava esportes para propagar ideologia

Anatóli Egorov/МАММ/russiainphoto.ru
Os chamados ‘Desfiles de Atletas’ foram estabelecidos pelo líder soviético para espalhar ideias sobre estilos de vida saudáveis na URSS – e vender sua doutrina.

(Foto: Ivan Chaguin/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Ivan Chaguin/МАММ/russiainphoto.ru)

A prática esportiva e hábitos de vida saudáveis eram amplamente promovidos na União Soviética: cartazes de propaganda, palestras, inúmeros clubes esportivos e etc. Mas, sem dúvida, os grandes desfiles esportivos eram o método mais eficaz.

(Foto: Ivan Chaguin/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Ivan Chaguin/МАММ/russiainphoto.ru)

O primeiro desfile esportivo (mais conhecido como “Desfile de Atletas”) aconteceu na Praça Vermelha, em Moscou, em 1919. Na época, o país passava por um momento crítico, em meio às reviravoltas geradas pela Guerra Civil Russa.

(Foto: Vladislav Mikocha/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Vladislav Mikocha/МАММ/russiainphoto.ru)

O Desfile de Atletas tornou-se anual apenas em 1931. Após as primeiras edições em Moscou, o evento foi transferido para Leningrado (atual São Petersburgo) e, nos anos posterior, acabou passando também para outras cidades da União Soviética.

(Foto: Alexander Ródtchenko/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Alexander Ródtchenko/МАММ/russiainphoto.ru)

De acordo com a ideologia soviética, cidadãos fisicamente fortes e saudáveis podiam desempenhar um papel significativo na criação do Estado socialista.

(Foto: Arkádi Chaikhet/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Arkádi Chaikhet/МАММ/russiainphoto.ru)

O cidadão soviético não era considerado apenas um proletário – era também um defensor da pátria, sempre preparado para enfrentar o inimigo. É por isso que, nas fotos de desfiles antigos, vê-se modelos de tanques e aviões militares, além de atletas segurando rifles – naquele período, as pessoas atendiam a mais de um propósito.

(Foto: Serguêi Vasin/МАММ/russiainphoto.ru)        (Foto: Serguêi Vasin/МАММ/russiainphoto.ru) 

Desfiles esportivos coloridos, muitas vezes filmados e acompanhados por multidões, foram uma importante plataforma para Stálin divulgar sua ideologia entre o povo.

(Foto: Anatóli Egorov/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Anatóli Egorov/МАММ/russiainphoto.ru)

Grande parte da propaganda veiculada nos desfiles era dedicada a promoção dos ideais de Stálin. Sua imagem aparecia em todos as eventos, de uma forma ou de outra. Na edição de 1935, por exemplo, o líder foi nomeado “o melhor amigo dos Pioneiros [uma espécie de escoteiros vinculados ao Partido Comunista]”, enquanto, no desfile de 1936, nasceu o slogan: “Obrigado, camarada Stálin, por nossa infância feliz”.

(Foto: Ivan Chaguin/МАММ/russiainphoto.ru)             (Foto: Ivan Chaguin/МАММ/russiainphoto.ru) 

Todas as ex-repúblicas soviéticas participavam dos desfiles. Seus representantes, marchando em fileiras separadas, apresentavam seus costumes e tradições diferentes. Mas, paralelamente, a ideia era que estivessem “unidos pelo amor ao esporte”.

(Foto: B. Fishman/МАММ/russiainphoto.ru)                                                (Foto: B. Fishman/МАММ/russiainphoto.ru) 

Um dos maiores desfiles de atletas foi realizado em 12 de agosto de 1945, em celebração à vitória na Grande Guerra Patriótica (período da Segunda Guerra Mundial em que a URSS sofreu invasões nazistas). Mais de 25 mil membros das 16 ex-repúblicas soviéticas participaram do evento, que durou mais de quatro horas. Este, contudo, foi o último desfile do tipo realizado na Praça Vermelha de Moscou.

(Foto: Emmanuil Evzerikhin/МАММ/russiainphoto.ru)(Foto: Emmanuil Evzerikhin/МАММ/russiainphoto.ru)

A tradição de desfiles esportivos morreu junto com Stálin em 1953.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.