10 proibições impostas pela Rússia durante a Copa

Artyom Geodakyan/TASS
Bebidas em garrafas de vidro, churrascos e uso de drones estão entre as restrições durante o Mundial. Em algumas cidades, porém, trabalhar será exceção.  

Faltando apenas 15 dias para o início da Copa do Mundo da Fifa de 2018™, na Rússia, quem for viajar para o país, é bom ficar atento a algumas proibições impostas pelas autoridades locais para aumentar a segurança e manter a organização.

Será proibido:

1. Bebidas em garrafas de vidro

Perto dos estádios, não serão vendidas bebidas alcoólicas em garrafas de vidro; só estarão disponíveis cervejas em copos plásticos nos bares patrocinados. Além disso, será impossível comprar bebidas em mercados num raio de dois quilômetros dos estádios e estações de trem. Em Moscou, no dia anterior aos jogos – e também no dia da partida –, os refrigerantes em garrafas de vidro também serão banidos.

Em outras cidades-sede da Copa no país, as restrições serão mais brandas. Em Iekaterinburgo, por exemplo, a venda de bebidas só será proibida três horas antes dos jogos e uma hora após o apito final. Os restaurantes não serão afetados.

2. Realizar manifestações não autorizadas

Durante o Mundial, todos os protestos e manifestações dedicadas a qualquer coisa que não o futebol devem acontecer em hora e lugar aprovados pelo Serviço Federal de Segurança (FSB, na sigla em russo) e pelo Ministério do Interior. E cada lugar tem uma regra. Em Iekaterinburgo, qualquer manifestação na cidade só pode ser realizada na periferia e entre 2 a 4 da tarde. Volgogrado restringe o número de participantes a 150 pessoas, e eles devem ser realizados apenas das 9 da manhã às 5 da tarde.

3. Utilizar drones

Durante a Copa do Mundo, as cidades russas introduzirão zonas de restrição de voos de veículos não tripulados. Em São Petersburgo, essa área se estende por 100 quilômetros quadrados; já na região de Moscou, os céus também serão fortemente monitorados. Para combater os violadores, unidades especiais do Ministério da Defesa da Rússia usarão sistemas de guerra eletrônica, como antidrones.

E nem tente levar drones para os estádios – assim como paus de selfie, guarda-chuvas enormes, qualquer material pirotécnico, bicicletas e, é claro, armas e drogas.

4. Vender ou portar armas

Desde sexta-feira passada (25) a 25 de julho, será impossível vender, registrar, transportar ou portar qualquer tipo de arma.

5. Fazer grafite comercial

As autoridades de Moscou aprovaram uma lei que proíbe o uso de grafite para anúncios de publicidade durante a Copa do Mundo. A medida está relacionada às obrigações da Rússia para com a Fifa, segundo as quais o espaço publicitário em algumas áreas é reservado para os parceiros da organização internacional.

6. Ônibus intermunicipais nos dias de jogos

Durante os dias dos jogos, não será possível viajar de ônibus de cidades que não sejam anfitriãs para as cidades-sede da Copa, portanto, quem estiver planejando viajar de Ástrakhan para Volgogrado, por exemplo, esqueça. As únicas exceções serão os ônibus coordenados por serviços de segurança e equipados com sistema Glonass.

7. Dirigir nos centros das cidades-sedes

Durante as partidas, muitas ruas próximas aos estádios e nos centros das cidades-sedes serão fechadas para pedestres. Se a ideia for alugar um carro na Rússia, é bom checar os mapas para ver quais vias estão fechadas, ou melhor, usar um táxi. Além disso, as linhas de transporte público também sofrerão alterações.

8. Fazer churrascos

Nas anfitriãs do Mundial, não será permitido fazer fogueiras, queimar lixo, ou produzir fogo para o tradicional chachlik (churrasco) em áreas públicas – e, em alguns casos, até nas particulares. Se estiver em Níjni Novgorod, saiba que churrascos ao ar livre estarão proibidos, e, em Kazan, não será permitido fazer chachlik nem mesmo em casa. A multa para quem violar essa proibição será de até 4.000 rublos (R$ 240).

9. Demorar para fazer o registro na cidade

As pessoas que forem à Copa devem se registrar nas cidades em um período de três dias, e não 90, como habitual. Para os estrangeiros, o período é de apenas um dia.

Quem se hospedar em um hotel, não precisa se preocupar – o registro será feito no check-in. Além disso, sempre carregue consigo, pelo menos, uma cópia de seu passaporte, pois, se não tiver nenhum documento pessoal e for parado pela polícia, o agente poderá detê-lo por até três horas para estabelecer sua identidade.

10. Trabalhar (bem, não é exatamente proibido)

Em Volgogrado, quando metade da cidade ficará bloqueada durante os jogos, o transporte público mudará de itinerário, e várias ruas ficarão abertas apenas para pedestres. Por isso, as autoridades da cidade decidiram transformar os dias de jogos em feriados. Os serviços públicos, restaurantes e bares funcionarão normalmente.

Veja mais coisas que o torcedores devem evitar na Copa.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies