Rússia cria parada especial de trem para uma única passageira

Ilya Akhmetshin
Garota que não conseguia chegar à escola não terá mais desculpa daqui em diante.

A estudante Karina Kozlova, de 14 anos, é a única criança em idade escolar no vilarejo de Poyakonda, na região Murmansk (no extremo norte da Rússia), e, por isso, sua aldeia sequer possui colégio. A garota tinha então que tomar um trem para a cidade vizinha de Zelenoborsky, mas trecho foi recentemente extinto durante manhãs.

“Não há ônibus para Zelenoborsky. Há um trem noturno, mas é muito tarde. Um táxi custaria mil rublos (cerca de R$ 57) por corrida. Nós não temos esse dinheiro”, disse a mãe.

No entanto, a chefe do chefe do departamento de educação local, Irina Ageeva, entrou com um apelo junto à estatal Russian Railways pedindo que o serviço de trem de Poyakonda fosse restabelecido para Karina continuar estudando – e conseguiu.

Atualmente, o trajeto entre Murmansk e São Petersburgo conta com uma parada especialmente destinada a Kozlova.

Sonha em atravessar a Rússia de trem? Confira dicas aqui

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais