Casa pega fogo na Rússia ‘possivelmente devido à mineração de bitcoin’

Igor Russak/Sputnik
Superaquecimento de fiação teria causado incidente no extremo oriente do país

Um incêndio ocorrido na cidade de Artiom, no Extremo Oriente russo (6.400 km a leste de Moscou), e que deixou o telhado e os andares superiores de uma casa em chamas, pode ter sido iniciado devido à mineração de bitcoin. A informação foi divulgada pelo Ministério para Situações de Emergência regional.

“Em um dos apartamentos encontramos equipamento que parece ser usado para mineração [de criptomeda]. Portanto, uma das possíveis razões para o incêndio seria o superaquecimento da fiação”, declarou um funcionário do órgão.

Além disso, durante a noite do incidente, um moradora local relata ter visto um homem fugindo da casa em chamas com “algo semelhante a unidades de sistema” nas mãos. Não se sabe, porém, sua identidade nem se escapou ou foi detido pela polícia.

Ninguém ficou ferido durante o incidente. Porém, quando os bombeiros enfim conseguiram conter o incêndio, várias casas já haviam sido destruídas.

Segundo o jornal local PrimaMedia, a investigação prossegue, uma vez que foram encontrados mais equipamentos de mineração nos apartamentos incendiados.

Conheça aqui a realidade de alguns socorristas que atuam junto ao Ministério para Situações de Emergência russo.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies