10 presentes que não são bem-vindos pelos russos

Legion Media
Acredite ou não, mas há muitas pessoas na Rússia que são supersticiosas. Se algum dia precisar presentear um amigo de lá, não se esqueça de checar essa lista antes.

1. Número impar de flores

Todo russo sabe desde que criança que só se pode dar um número ímpar de flores; caso contrário, a pessoa que receber o presente pode ser vítima de má sorte, ou até mesmo morte. Essa superstição surgiu na Rússia antiga, ainda no tempo pagão. Os eslavos orientais acreditavam que números pares simbolizavam a finalidade do ciclo de vida, isto é, é a morte. Mesmo hoje em dia, os russos repetem o provérbio “um problema nunca vem sozinho”. Já os números ímpares, simbolizavam a vida e proporcionavam proteção contra os espíritos malignos. Essa superstição do número ímpar é importante apenas para buquês de até 12 flores (1,3,5,7,9 e 11). Números pares de flores são geralmente dados em ocasiões tristes, como funerais.

2. Facas, tesouras e outros objetos afiados

Presentes com ponta aguda trarão fracasso para todos que vivem na casa, segundo a crença popular. Acredita-se que mesmo armas de brinquedo, navalhas e garfos podem levar a brigas e disputas. Os moradores da região do Cáucaso, porém, têm a tradição de apresentar facas e armas – e, claramente, não compartilha dessa superstição.

3. Carteira vazia

Não há por que presentear alguém com uma carteira vazia nem mesmo aceitar esse presente. Para os russos, isso significa que a pessoa presenteada irá perder dinheiro – para resolver isso, basta colocar uma nota dentro, e a carteira atrairá mais riqueza.

4. Lenço

Reza a lenda que um presente desses pode trazer miséria e mais problemas.

5. Dispositivos médicos

Tais equipamentos, e qualquer coisa relacionada à doença, fará a pessoa lembrar de seus males e estimulará uma maior deterioração da saúde.

6. Espelho

Um espelho sempre foi considerado algo místico e, por isso, é uma má escolha como presente. O espelho de um estranho na casa de alguém pode levar a situações curiosas. Além disso, espelhos antigos são especialmente mal vistos porque podem ter testemunhado acontecimentos ruins no passado e retido essa energia negativa.

7. Chinelos e pantufas

Os russos geralmente usam chinelos em casa e têm provavelmente vários pares extras para os hóspedes. Mas não ofereça nenhum para seus amigos! Segunda a superstição, uma pessoa só ganha chinelos de presente antes de ir ao hospital ou ter uma doença grave. Em algumas aldeias, as pessoas acreditam que esses presentes podem até levar à morte; especialmente se os chinelos forem brancos (usados para enterrar os mortos). 

8. Meias

Uma mulher não pode dar meias de presente para seu namorado ou marido porque isso significa que ele poderá fugir. As meias também podem provocar brigas na família. Paralelamente, algumas mulheres russas encorajam suas sogras a presentear seus filhos com meias para se livrar de sua influência familiar.

9. Cosméticos

Xampus, sabonetes e desodorantes podem ser percebidos como uma dica de que a pessoa negligencia a higiene pessoal. Além disso, seu amigo pode usar apenas certas marcas de cosméticos. Se der algo que ele não usa, o presente pode parar no lixo.

10. Pérola

Essa tradição chegou à Rússia vinda da Grécia, onde as pérolas eram símbolo de viuvez e orfandade. É por isso que não é permitido dar joias com pérolas para mulheres mais jovens. Se sua namorada desejar esse presente, você deve pedir uma moeda em troca – ou melhor, dar o dinheiro e deixá-la comprar por conta própria.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais