Urso foge com duas armas de caçador na Sibéria

Alamy/Legion Media
Homem de 57 anos foi multado e pode perder licença de compra e porte de arma por um ano.

A polícia da região de Irkutsk, no leste da Sibéria, iniciou uma investigação após um urso roubar duas armas de um caçador local em uma área remota da taiga, informou a assessoria de imprensa do Ministério do Interior na quinta-feira (23).

“De acordo com o indivíduo, no dia 16 de novembro, ele estava caçando a poucas milhas da aldeia mais próxima e decidiu ficar em uma cabana na floresta. Ele deixou seus pertences na cabine e foi buscar água. Ao retornar, ouviu alguns barulhos suspeitos e viu um urso. Para evitar um encontro com o animal, o caçador correu para a floresta, onde se escondeu por várias horas”, lê-se no informe do ministério.

Quando o homem de 57 anos voltou para a cabine, sua bolsa, que continha duas armas, já havia desaparecido. O caçador procurou pelas armas na taiga por vários dias, porém sem sucesso, o que o levou a entrar em contato com a polícia.

Uma equipe policial foi enviada à cabine para examinar a área circundante, mas uma forte nevasca cobriu as faixas do urso, segundo a assessoria de imprensa.

O caçador recebeu uma multa e pode perder o direito de comprar e usar armas por um período de um ano.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies