Russos precisam de R$ 90.000 por mês para ter ‘vida de luxo’, mostra pesquisa

AFP
Levantamento foi feito em diversas regiões considerando família com três membros.

Uma família russa de três pessoas precisa ter renda de, em média, 1,6 milhão de rublos (mais de R$ 90 mil) por mês para ser considerada “extremamente rica”, de acordo com um estudo publicado pelo instituto Romir nessa quinta-feira (26).

Dois anos atrás, essa quantia era de 950 mil rublos (R$ 54 mil).

“Os resultados do questionário sobre quanto de dinheiro uma família de três pessoas precisa para uma vida luxuosa mostraram que as necessidades de nossos compatriotas estão crescendo”, disseram os autores da pesquisa Romir.

O levantamento também mostrou que os moscovitas precisam de mais dinheiro que os moradores de São Petersburgo para manter um estilo de vida luxuoso – enquanto na capital o valor é estimado em R$ 140 mil, na cidade ao norte seria de R$ 105 mil.

A compreensão de ‘luxo’, porém, permanece praticamente inalterada: ter um iate (50%), uma propriedade de luxo (50%), jatos particulares (46%), carros de luxo (39%), e joias e relógios caríssimos (33%) são típicos sinais de luxo para os russos.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies