Ursos polares cercam aldeia no Extremo Oriente russo e moradores ficam presos em casa

ZUMA Press/Global Look Press
Mais de 20 animais estão no controle de assentamento remoto após encontrarem comida na região. Moradores evitam sair e já relatam tentativa de invasão.

Desde semana passada, cerca de 600 moradores da vila de Ryrkaypiy, no Extremo Oriente russo, têm evitado sair de casa devido à presença de ursos polares.

Segundo os especialistas, os visitantes indesejados desceram a essa região em busca de alimentos – mais especificamente, das morsas que circulam pelo local.

A maior concentração de ursos neste ano se deve, entretanto, ao fato de vários animais marinhos terem morrido após caírem um penhasco no Cabo de Kozhevnikova, nos entornos da aldeia. ‘Agora os ursos estão fazendo uma festa com as carcaças’, conta um morador locais.

Apesar do risco indireto aos habitantes, um dos filhotes de urso já teria tentado entrar na cada de uma pessoa através da janela.

 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies