7 frases russas que podem colocá-lo em maus lençóis!

Alexander Kislov
Chamar alguém apenas pelo primeiro nome e esperar uma resposta curta a uma saudação não dá certo na Rússia, onde há muitas regras não escritas na comunicação!
  1. Libere sua agenda antes de perguntar “Как дела?”

Quando perguntamos: "Como você está?" ou "Tudo bem?", normalmente ouvimos de volta apenas “tudo bem” ou apenas “tudo”. Este é um modo educado de se mostrar ao interlocutor que você não o fará perder tempo.

Mas isto não se aplica aos russos, que dizem “kak dela?” somente quando querem uma resposta de verdade. Então, se você fizer esta pergunta, esteja pronto para cancelar todos os seus compromissos e ouvir os problemas alheios.

“Eu costumava sempre dizer 'kak dela?' para uma moça na minha faculdade. Não usava isso como pergunta, mas como hábito. Um dia ela me parou, irritada, e disse: 'Por que você sempre quer saber como eu estou, se você está vendo que estou com pressa?’”, conta Alice Gallanagh, ex-aluna do Instituto Górki de Literatura de Moscou.

Se você realmente quer uma resposta rápida, é melhor usar "все хорошо?" (Vsiô khoroshô? - "Tudo bem?")

  1. Não peça desculpas demais

Em alguns países, quando alguém roça o cotovelo ou chega a alguns centímetros de distância, você logo ouve um "desculpe!".

Na Rússia, diz-se “извините” (“izviníte”, ou seja, “desculpe”) em situações em que alguém realmente cometeu um erro. Se você está no meio da multidão, espera-se que você entre em contato físico com outras pessoas em algum momento.

Claro, você pode se desculpar em tais situações, mas não espere cortesia como retorno. Atingir diretamente uma pessoa ou colidir desajeitadamente com ela  é a única ocasião em que o “izvinite” precisa entrar em jogo. Pelo menos eles saberão que você tem intenção de dizer isto!

  1. Xingar dizendo "panqueca"

Você certamente assistiu a alguns tutoriais do YouTube de “mat” (palavrões) em russo  e agora você conhece um vocabulário básico nessa área. O que os vídeos não dizem, porém, é quando usar essas palavras.

Na realidade, você precisa conhecer seu público, porque muitos russos ficarão ofendidos se você usar expressões vulgares, não importando a idade.

Se você estiver em um bar com outros homens, por exemplo, provavelmente poderá usar o “mat”, mas muitas garotas russas vão tomar distância de bocas-sujas.

Tenha em mente também que, na verdade, é tecnicamente ilegal xingar pelas ruas russas - faça isso com a pessoa errada e você pode acabar tendo problemas com a lei!

Mas, para um estrangeiro, há algumas maneiras seguras de se reclamar sem xingar. Em primeiro lugar, você pode expressar sua raiva com a palavra "blin" ("panqueca").

É um palavrão mais leve como "saco de batatas" e é aceitável em qualquer cenário. Se você estiver realmente sentindo o desejo desengasgar colocando para fora algumas obscenidades, espere até que as pessoas ao seu redor xinguem primeiro para receber um sinal verde. Afinal, ninguém gosta de um brutalhão por aqui!

  1. Lisonjeie homens mais velhos ao invés de chamá-los de "senhores"

Se você estiver procurando por um equivalente em russo de "senhor", a palavra "господа" (“gospodá”, sinônimo de “senhor” em qualquer dicionário) não é sua amiga!

Na realidade, o que você busca é "молодой человек" (“molodôi tchelovék”, ou seja, "jovem"), que estranhamente pode ser usado mesmo se o homem em questão não for lá jovem.

Resquício da Rússia Imperial, “gospodá” continua a ser um termo extremamente formal que deve ser usado somente em um baile, balé ou evento cultural da alta sociedade. Se você não está de smoking ou com um vestido longo coberto de pedras, a palavra soará muito estranha.

Por ter sido reprochada na URSS como termo aristocrático, a palavra não é usada pelos russos, a menos que com uma enorme dose de ironia. As pessoas mais velhas que têm alguma simpatia pelo comunismo farão de tudo para usar "товарищ" (“továrisch”, ou seja "camarada").

  1. Prepare-se para lembrar o patronímico de todo mundo

De muitas maneiras, a Rússia continua sendo uma sociedade muito conservadora, e quando qualquer indício de formalidade está envolvido, uma hierarquia rígida é adotada.

Assim, se você não tem certeza de como se dirigir a alguém que está socialmente acima de você, use o primeiro nome e o patronímico (palavra derivada do nome do pai que vem antes do sobrenome de todo russo). Esta é a opção mais segura e respeitosa.

Estranhamente, alguns casais de ​​longa data nas províncias da Rússia continuam a se chamar usando patronímicos.

Isto se aplica, por exemplo, ao seu professor, a algum funcionário sênior da sua empresa, a um general do exército, a seu médico e assim por diante, mas também a pessoas mais velhas.

Melhor prevenir do que remediar! Se eles considerarem formal demais, dirão!

O professor norte-americano John Allister, que vive em Moscou, aprendeu da maneira mais difícil: “Quando tentei ver um apartamento para alugar aqui pela primeira vez, meu locador se apresentou como 'Ivan Nikoláievitch'. Eu tinha acabado de ler ‘Tio Vânia’, de Tchekhov, e estava tentando fazer as relações com ele ficarem mais amistosas, então disse: ‘Ótimo, então posso te chamar de Vânia?’. Para encurtar a história, eu não consegui o apartamento”.

  1. Não aborde pessoas mais velhas como se fossem seus melhores amigos

Falantes do francês estarão familiarizados com esta regra. A menos que você esteja no café mais hipster e modernoso da Rússia, nenhum estranho falará com você usando o informal “ты” (“ti”, ou seja, “você”, “tu”).

Eles usarão sempre “вы” (“vi”, ou seja, “vós”) e você também - até que seja convidado a fazer o oposto. Isto é especialmente apreciável em relação a os idosos russos. Abordá-los com o pronome informal não será apenas ignorante, mas também rude.

Os únicos estranhos que você poderá tratar confortavelmente por “ты” são as crianças pequenas ou alguém com menos de 30 anos de idade que tenha sido apresentado a você por outro amigo. E, claro, você deve ter a mesma idade.

  1. Não fale polonês quando fizer um brinde

Muita gente acredita que "на здоровье" (“na zdorôvie’”) seja a fala tradicional para um brinde, mas a frase é polonesa, e não russa. Até mesmo o equivalente russo, "за здоровье" (“za zdorôvie”, ou seja, "a sua saúde"), é bastante preguiçoso.

Os brindes têm um significado enorme na Rússia e devem expressar a gratidão de se beber com os amigos. Se você disser “na zdorôvie”, seus amigos russos pensarão apenas que você tentou aprender a língua ouvindo o Arnold Schwarzenegger.

No mínimo, todo mundo da mesa tentará enfiar a cara em um buraco no chão. Um verdadeiro brinde tem uma estrutura mais complexa no país, e deve demostrar pelo menos alguma consideração!

Está estudando russo? Então encontre aqui tudo o que você sempre quis saber sobre dicionários russos e nunca teve para quem perguntar!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies