Rússia pretende ressuscitar turismo a partir de 1º de junho

Keystone Press Agency/Global Look Press
Hotéis, resorts e centros recreativos poderão ser reabertos ao público em diversas regiões do país.

Diversas regiões da Rússia irão gradualmente suspender a partir de 1º de junho as medidas restritivas impostas devido à pandemia. A informação foi anunciada pela diretora da Agência de Turismo da Rússia (Rosturism), Zarina Doguzova.

“A partir de 1º de junho, começará, na maioria das regiões [equivalente a estados na Rússia], a primeira fase de suspensão das medidas restritivas”, disse Doguzova.

Segundo a diretora, os detalhes sobre a abertura de hotéis, motéis, resorts e centros recreativos serão acordados com os governadores durante os próximos 10 dias.

Na segunda-feira passada (18), a diretora do departamento de resorts e turismo do governo de Sôtchi, no sul do país, também anunciou que 65 praias da região estarão abertas para visitantes a partir de 1º de junho, caso a situação se mantenha estável.

A Rosturism propôs ainda a introdução de benefícios fiscais para o setor turístico do país e subsídios para taxas de juros referentes à construção de infraestrutura.

LEIA TAMBÉM; Número de recuperados de covid-19 supera, pela primeira vez, novos casos na Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies