Após Egito, equipamentos médicos russos deverão chegar a Argélia e Marrocos

Rostec
Nos últimos anos, holding fez doação de máquinas a quatro países africanos.

A holding Shvabe, que realiza vendas e entregas de caridade de equipamentos médicos na África, pretende entrar nos mercados argelino e marroquino, informou a agência TASS, citando o vice-diretor-geral da empresa, Ivan Ojguikhin.

Nos últimos anos, Shvabe já entregou equipamentos médicos gratuitos a vários hospitais da Tunísia e também comercializa seus equipamentos para outros países do continente africado, incluindo o Egito e a Etiópia.

“Entregamos equipamentos neonatais gratuitos, incluindo respiradores artificiais e incubadoras, para dezenas de hospitais em quatro países africanos. Durante este ano, foram entregues 19 equipamentos a hospitais tunisinos”, disse Ojguikhin à TASS.

De acordo com informações da agência russa, até alguns anos atrás, não havia equipamentos médicos russos na África. O primeiro contrato comercial com um país da região – o Egito – foi concluído em 2015.

“Em um futuro próximo, esperamos novas encomendas do Egito e estamos nos lançando no mercado argelino e marroquino por meio de nossos representantes de vendas”, acrescentou o vice-diretor-geral.

A Shvabe faz parte do conglomerado público russo Rostec.

LEIA TAMBÉM: Cientistas russos desenvolvem tecnologia exclusiva para combater infecção sanguínea

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies