Quanto custa um cafezinho em Moscou? Comparamos preços com os de outras capitais, incluindo Brasília

Natalya Nosova
Estudo revela que russos bebem mais café que italianos e franceses.

De acordo com uma pesquisa recente do NPD Group, o consumo de café na Rússia vem crescendo – tanto é que, em números, os russos estão bebendo mais café do que italianos ou franceses. De abril de 2018 a março de 2019, o item ‘café’ apareceu em 30% das contas russas; na Itália e na França, em 28% e 23%, respectivamente.

Além disso, como mostra o Expatistan.com, um banco mundial de dados de preços atualizado em tempo real, o custo médio de um cappuccino em Moscou é menor que em Paris, Londres ou Nova York, porém mais alto que em Berlim ou Camberra.

LEIA TAMBÉM: Cansado do pingado? Prove uma dessas ideias russas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies