Rússia quer rede de centros de exposições do Brics

Prodexpo 2019
Medida ajudaria a fortalecer laços comerciais entre empresários dos países-membros do grupo.

A Rússia propôs a seus parceiros do Brics (Brasil, Rússia Índia, China e África do Sul) estabelecer uma rede de centros de exposição para exibir os produtos dos países do grupo permanentemente, segundo a agência de notícias russa Tass.

"Ontem apresentamos os resultados de uma pesquisa do mercado de serviços de exposições dos cinco países, e propomos a ideia de desenvolver uma rede de centros de exibições. Isso ajudaria muito a fortalecer os laços comerciais entre os empresários dos nossos países", disse o vice-presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, Dmítri Kúrotchikin, à Tass.

Segundo ele, a Rússia não vê obstáculos para a implementação do projeto e está pronta para começar o trabalho já neste ano.

“Sabemos que, apesar dos esforços consideráveis dos governos e do Conselho Empresarial do Brics, os empresários carecem de informações básicas. Eeles precisam, por exemplo, de informações sobre produtos e serviços de potenciais parceiros", disse Kurochkin.

Para ele, uma rede de centros comerciais e de exposições que opere de forma permanente poderia dar um novo impulso ao desenvolvimento das relações comerciais e da cooperação em investimentos entre as economias dos cinco países.

LEIA TAMBÉM: Putin virá ao Brasil em novembro para cúpula do Brics, diz embaixador

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies