O dia a dia russo na obra de Serguêi Osmatchkin (FOTOS)

ROSFOTO
Considerado o mestre da fotografia metafísica, este artista tem um estilo autoral incomum que cativou o mundo a partir dos anos 1980.

A juventude relaxada, crianças despreocupadas, aposentados pensativos: o fotógrafo Serguêi Osmatchkin retrata a vida real nas ruas de sua cidade natal, Samara. Ele capta os momentos com habilidade e transmite fielmente o clima que paira no ar.

Osmatchkin nasceu em 1961, na pequena cidade de Acha, região de Tcheliabinsk, mas sua família mudou-se para Kuibichev (hoje, chamada de Samara) quando ele ainda era jovem. Aos 16 anos, ele ingressou na fotografia criativa por meio do clube de fotografia local. Aos 23, seu estilo inovador único de experimentação ousada com ângulos, claro-escuro e fotomontagem o tornaram conhecido em toda a URSS.

Em meados da década de 1980, as fotos de Osmatchkin começaram a surgir em exposições internacionais nos Estados Unidos, Espanha, Grã-Bretanha, França e na então Alemanha Oriental. Hoje, suas obras fazem parte de acervos em museus e bibliotecas de renome na França, Estados Unidos, México e, claro, na Rússia.

Jogo de futebol, 1986

No pátio

Danças selvagens

Nuvens, 1986

Na igreja, 2005

Sem título

Retrato com pato

Escultura, 1996

Praça de Samara, 1996

Luz da tarde, 2005

Escultura no parque, 2006

Tarde, 2009

Aquário, 2010

Sem título

A exibição “Serguêi Osmatchkin. Revelação do rotineiro” ocorre no Centro de Exibições Estatal “Rosfoto” de 19 de agosto a 19 de setembro de 2021.

VEJA TAMBÉM: A mulher russo-soviética através do século 20

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies