Comédia campeã de bilheterias, “A Prisioneira do Cáucaso” é atração gratuita no YouTube

Leonid Gayday/Mosfilm, 1966
Longa sovietico retrata aventura para resgatar jovem forasteira de casamento forçado.

Uma das melhores comédias soviéticas, “A Prisioneira do Cáucaso" (1966), de Leonid Gayday, estará disponível para exibição gratuita no YouTube neste fim de semana, como parte do projeto “Cinema Soviético e Russo em Casa”.

No enredo, o jovem estudante Shurik faz uma viagem ao Cáucaso para pesquisar antigos costumes, contos e lendas locais, e lá se apaixona pela atlética, belíssima e politizada Nina, que está passando férias na região. Mas a jovem “komsomolka” (integrante da União da Juventude Comunista da URSS) é sequestrada pelo homem mais poderoso da região, que planeja impor-lhe um casamento arranjado.

Shurik se vê na obrigação de resgatá-la, e a empreitada é prato cheio para uma comédia repleta de aventura: noites passadas nos penhascos pitorescos, perseguições entre os rochedos e até a queda em um rio de montanha.

Assim como nas demais semanas, o longa poderá ser assistido entre as 19h00 desta sexta-feira (16) até as 19h00 do domingo (18).

A exibição de  “A Prisioneira do Cáucaso" faz parte do projeto “Cinema Soviético e Russo em Casa”, que já está em seu segundo ano. Todas as semanas, o Centro Popular de Cultura da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (CPC-UMES), disponibiliza gratuitamente na internet um filme russo por semana.

Ao longo do primeiro semestre de 2021, serão um total 22 longas dos mais variados gêneros a partir de matrizes restauradas.

LEIA TAMBÉM: 10 filmes soviéticos gêmeos de produções da Disney

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies