YouTubers russos arrasam em covers de hits internacionais; assista

Aleksandr Scherbak/TASS
Artistas recriam canções famosas para que o público russo consiga entender o significado das letras mais famosas – além disso, produzem vídeos inteiramente novos para acompanhar cada lançamento.

Os gostos musicais russos são tão diversos quanto os próprios russos, por isso, não é surpresa que se interessem pela cultura pop de várias partes do mundo, seja estrelas do K-Pop BTS, Ariana Grande, Billie Eilish etc. Mas nem todos eles conseguem entender o significado das músicas ao ler e acompanhar as letras em idioma estrangeiro. Pensando nisso, cada vez mais blogueiros estão traduzindo as músicas e dando a elas um toque russo contemporâneo, inclusive com videoclipes próprios.

Confira três artistas que estão na linha de frente para ajudar os russos a entender o que os estrangeiros cantam – e você pode até aprender um pouco de russo no processo.

1. Klava Coca

Klava Coca (Koka) é uma jovem cantora russa e membro da gravadora Black Star, que abriga os artistas de pop e hip-hop mais bem-sucedidos da Rússia. Os vídeos de Klava já receberam dezenas de milhões de visualizações no YouTube.

Aos 23 anos, Klava exibe uma imagem sexy e ousada e impressiona o público com seu comportamento arrojado. Recentemente, a artista lançou uma música com colaboração de seu suposto namorado – o também jovem cantor e blogueiro ousado Morgenstern. O vídeo atingiu 27 milhões de visualizações em apenas dois meses.

Ela também é uma blogueira famosa no país e gravou um videoclipe incomum em colaboração com os Instagrammers mais populares da Rússia – que entoaram a sua faixa “Estou apaixonado por um c****” pelos Stories do aplicativo.

Além disso, Klava imaginou como seriam hits internacionais em russo e lançou a hashtag #КлаваТранслейт (#KlavaTraduz) em seu canal do YouTube.

Um de seus covers de maior sucesso foi “Despacito”, em 2017, que acumulou quase três milhões de visualizações no YouTube:

Ela também traduziu a música bilíngue em inglês-coreano “Boy With Luv”, do BTS:

Confira o cover de “7 rings”, de Ariana Grande:

Não perca a versão de “Dance Monkey”, de Tones and I:

Além de “Havana”, originalmente de Camila Cabello:

Mas nenhuma lista de covers contemporâneos estaria completa sem “Bad guy”, de Billie Eilish, é claro:

2. Radio Tapok

Radio Tapok é um multi-instrumentista de 30 anos, cujo nome verdadeiro é Oleg Abramov, e faz covers de hits de rock cult adorados mundo afora. Juntamente com sua pequena equipe de cinco pessoas, também cria vídeos semelhantes aos originais e transforma de aparência para que se aproxime à do artista original.

Tapok é YouTuber desde 2014 e, desde então, conquistou milhares seguidores, além de garantir uma agenda de shows movimentada em casa e no exterior.

Por exemplo, sua versão de “Du Hast”, de Rammstein, obteve mais de cinco milhões de visualizações. Os russos são grandes fãs de Rammstein, e muitos deles até aprendem alemão só para entender o que estão cantando.

Outra grande paixão dos russos é o Linkin Park (e lamentaram demais a morte de seu vocalista Chester Bennington). Então aqui está a versão de Radio Tapok de “Numb”:

Radio Tapok também traduziu para o russo a música da série “The Witcher”:

Assim como covers de Gorillaz...

...System of a Down...

...e até da banda sueca de metal Sabaton (com 9,4 milhões de visualizações, por sinal):

Radio Tapok chegou a se apresentar com Sabaton – e foi algo único, pois a própria banda entrou em contato com ele e pediu para divulgar seu cover em russo antes mesmo do lançamento oficial de “The Attack of the Dead Men’. Uma maneira muito bacanuda de promover um novo lançamento em solo estrangeiro:

3. Ai Mori

A jovem Olga Redoran é mais conhecida como Ai Mori, ou MONADA. Ela é uma blogueira e estrela do rock em ascensão, com tudo o que o “sexo, drogas e rock’n’roll” tem direito – delineador no estilo de Amy Winehouse, sangue falso, hematomas, machucados, cigarros e meias rasgadas.

Ai Mori vem tentando se promover sem a ajuda de um produtor, por meio de suas páginas nas redes sociais. Ela transmite ao vivo como compõe e grava suas músicas e faz covers de hits estrangeiros em russo. Seu repertório é composto principalmente por músicas de rock e seus próprios ídolos.

Aqui está, por exemplo, “Runaway”, do Linkin Park: 

E o cover recente do grande sucesso da banda, “Crawling”, que, como MONADA admite, é um trabalho muito importante para ela, por ser uma verdadeira fã da banda:

Mas ela não se limita ao rock. Basta ver a performance de “Kiss Me”, de Katy Perry:

E, é claro, da multipremiada “Everything I Wanted”, de Billie Eilish:

A propósito, Avril Lavigne jamais é esquecida na Rússia:

Assim como os profundos vocais femininos de Amy Lee, do Evanescence:

LEIA TAMBÉM: Esta música russa grudou na cabeça do mundo igual chiclete!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies