Os 7 gângsteres russos mais temidos das telonas

Impiedosos, sanguinários, musculosos e etc – esta lista é para quem gosta de estereótipos.

Nikolai Luzhin de “Senhores do Crime”(2007)

Nikolai é uma espécie de “faxineiro” da máfia russa em Londres e remove provas e corpos de cenas do crime. Além disso, também dirige o carro do chefe. Sábio e ambicioso, está em ascendência e tem todas as chances de se tornar chefão, sem que seus amigos mafiosos desconfiem. Nikolay não é o que eles pensam que ele é.

VEJA TAMBÉM: 11 erros épicos sobre a Rússia em filmes de Hollywood 

Viggo Mortensen levou o papel a sério. Viajou para a Rússia, contatou ex-criminosos, passou dias estudando tradições, tatuagens e a maneira de falar da máfia. Seus esforços não foram em vão – sua performance lhe rendeu uma indicação ao Oscar.

Teddy de “O Protetor”(2014)

Nikolai Itchenko, conhecido como Teddy, é um grande assassino russo. E também tem tendências psicopatas. Esta não é a primeira vez que Marton Csokas, um neozelandês com raízes húngaras, interpreta um russo. Certamente, Teddy não é alguém que se gostaria de encontrar em um beco escuro.

Terek Murad de “O Chacal” (1997)

Depois que seu irmão é assassinado, o chefe da máfia Terek Murad busca desesperadamente vingança. Ele não hesita e oferece US$ 70 milhões a um assassino conhecido como ‘O Chacal’ para eliminar um magnata americano.

Viggo Tarasov de “De Volta ao Jogo” (2014)

Tarasov não é apenas um bandido imprudente com talento especial para matar pessoas, mas é também incrivelmente inteligente. No entanto, o comportamento idiota de seu filho o coloca em apuros com o assassino profissional John Wick, e o pior acontece depois que Tarasov mobiliza seu enorme exército de capangas.

Teddy KGB de “Cartas na Mesa”(1998)

Teddy KGB é um chefe poderoso cercado por um pequeno exército de capangas. Mas é difícil levá-lo a sério: a tentativa de John Malkovich imitar sotaque russo é cômica.

Viktor Rostavili de “Inferno Vermelho” (1988)

O líder da máfia soviética Viktor Rostavili é um assassino impiedoso que não faz ideia do que é honra e moralidade. Mas sua bravura é inquestionável, já que fica cara a cara com a montanha Ivan Danko (Arnold Schwarzenegger) mais de uma vez.

Boris, o Punhal de “Snatch - Porcos e Diamantes” (2000)

Boris, o Punhal é definitivamente o gangster russo número um do cinema. Depois de deixar a KGB, ele mergulhou de cabeça no submundo do crime de Londres, vendendo principalmente armas. O ator croata Rade Serbedzija interpretou o papel forma que tanto uma banda de deathcore australiana quanto um fóssil de pliossauro recentemente descoberto receberam o nome do personagem. 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies