Nietzsche é o autor mais popular da biblioteca do metrô de Moscou

Scherl/Global Look Press
Nova estação e vagões específicos oferecem download gratuito de e-books.

“Assim falou Zaratustra”, do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, é o livro mais popular na biblioteca on-line do metrô de Moscou, segundo o jornal “Vetchérnaia Moskvá”.

Entre as demais obras que lideram esse ranking figuram “A Feira das Vaidades”, de William Makepeace Thackeray, “Viagem ao Centro da Terra”, de Jules Verne, e “O Conde de Monte Cristo”, de Alexandre Dumas.

O autor russo Anton Tchékhov ocupa a quinta posição com suas histórias sobre o amor.

Os dados do jornal também confiram que a leitura ainda é um hábito muito popular entre os passageiros do metrô da capital russa. Em uma semana, foram feitos mais de 2.500 downloads da biblioteca gratuita, que conta com quase 100 títulos russos e estrangeiros.

Para baixar as obras, basta escanear os códigos QR encontrados nas placas dentro dos vagões ou na nova estação Rasskazovka (lê-se Rasskázovka), inaugurada no início deste mês. Espera-se que esse tipo de instalação surja em breve em todas as estações.

Confira também 10 joias da literatura que todo russo conhece desde a infância (e onde encontrá-las em português).

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies