Forças Aerotransportadas russas ganharão dois novos veículos blindados

Apresentações do veículo blindado multifuncional K4386 Typhoon-VDV.

Apresentações do veículo blindado multifuncional K4386 Typhoon-VDV.

Ramil Sitdikov/Sputnik
Ao pousar com a ajuda de paraquedas, blindados poderão levar militares dentro, já atirando contra os alvos durante a descida.

A corporação estatal russa Rostec criará novas versões dos veículos blindados "Typhoon" e "Tigr" especialmente para as Forças Aerotransportadas do país. Os primeiros veículos modernizados serão entregues ao exército em 2022.

"Começamos a desenvolver novos veículos aerotransportados de grande porte. Modificaremos o veículo 'Typhoon', que pesa 18 toneladas, e o veículo blindado 'Tigr', de 9 toneladas", declarou o diretor da "Technodinamika", Igor Nassenkov, responsável pelo projeto.

O primeiro teste de descida da plataforma de carga com sistema de pára-quedas, recém-desenvolvido, foi realizado com uma carga de 9 toneladas; o segundo, com carga de 11 toneladas. 

Segundo Nassenkov, os próximos testes serão realizados com o pessoal dentro do veículo blindado durante o pouso, e a carga total será de até 18 toneladas.

"A nova modificação do veículo blindado Tigr receberá corpo com uma capacidade de carga aumentada e um nível de proteção melhor", disse Serguêi Suvorov, porta-voz da empresa MIC, que produz os veículos blindados "Tigr".

Veículo blindado Tigr

Segundo ele, o carro terá um fundo em forma de V de quarta classe de proteção.

“Os engenheiros querem instalar um canhão de 100 mm no Tigr. O poder de fogo poderá ser controlado remotamente", diz o professor da Academia das Ciências Militares, Vadim Koziúlin.

Segundo ele, além de melhorar a blindagem, os engenheiros também planejam aumentar a potência do motor e a manobrabilidade do veículo.

"O Ministério da Defesa anunciará quantos veículos o exército receberá após a publicação dos planos de compras de armas e equipamentos para os próximos sete anos”, completou Koziúlin.

LEIA TAMBÉM: Rússia inicia testes de armamentos do novo drone de ataque Altius

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies