Rússia modernizará caça-bombardeiro Su-34 até 2022

Ministério da Defesa já iniciou projeto do “Fullback” (nome do caça na designação da Otan), segundo o jornal Rossiyskaya Gazeta.

Os aviões Su-34 receberão novos sistemas de radares, de navegação e de exibição de informações na cabine, segundo uma fonte no complexo militar-industrial. O primeiro Su-34 modernizado será entregue à Forças Armadas russas em 2022.

No exército russo, o Su-34 foi apelidado de "Patinho" ou "Ornitorrinco" devido ao formato do nariz.

Hoje, cerca de 100 aviões desse tipo estão em uso nas Forças Aeroespaciais da Rússia.

"A Su-34 é uma aeronave fora do comum. Externamente, ela é muito semelhante a um caça, mas, na realidade, é um bombardeiro capaz de transportar até oito toneladas de bombas de alta precisão ou mísseis de cruzeiro", explica o analista militar Dmítri Safônov.

Características


O principal objetivo do Su-34 é bombardear e destruir todos os alvos com a máxima eficácia em quaisquer condições climáticas e realizar guerras eletrônicas.

A cabine do bombardeiro foi projetada como uma cápsula blindada. A tripulação da aeronave e os sistemas mais essenciais são protegidos por armadura de titânio de 17 milímetros. A cabine pode suportar ataques diretos com armas de calibre de 30 milímetros.

Os Su-34 podem ser armados com bombas guiadas e não guiadas, blocos de foguetes não guiados e mísseis ar-terra.

Além disso, o Su-34 tem um canhão de 30 milímetros GSh-30-1, presente também no Su-27 e no Su-30.

LEIA TAMBÉM: 9 curiosidades sobre o novo caça russo Su-57

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies