Fabricante revela em primeira mão segredos do novo caça russo MiG-35

Ministério da Defesa da Rússia
Corporação MiG divulgou as características técnicas do caça de quarta geração.

A empresa russa MiG, responsável pelo projeto e fabricação do caça MiG-35, publicou pela primeira vez os dados técnicos da nova aeronave. Tecnologias de caças de quinta geração foram usadas para criar o dispositivo, segundo a “Rossiyskaya Gazeta”. O modelo pré-produção do MiG-35 já está em fase de tested.

O novo caça é capaz de destruir alvos aéreos de dia e à noite, bem como em condições climáticas difíceis, revelou o jornal russo. Também pode abater alvos na superfície e debaixo d’água.

A ideia é que o MiG-35 seja usado para objetivos diversos: ganhar superioridade aérea na luta contra caças de quarta e quinta geração, interceptar meios modernos de ataque aéreo, e realizar ataques com armas de alta precisão sem entrar na zona de defesa aérea, reconhecimento aéreo e ações em grupo.

De difícil detecção por radares, o MiG-35 também possui aviônicos de nova geração.

A tripulação do novo caça é composta por uma ou duas pessoas.

O avião de combate tem peso máximo de decolagem de 24.500 kg e carga externa máxima de 6.500 kg. Pode atingir velocidade de até 2.100 km/h, o teto do voo é estimado em 16 quilômetros e o alcance máximo de voo é de 3.000 quilômetros.

LEIA TAMÉM: As armas mais exóticas já fabricadas pela Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies