Venezuela posiciona mísseis russos Pechora-2M na fronteira com Colômbia; assista

Srđan Popović (CC BY-SA 3.0)
Objetivo, segundo jornal russo, é fortalecer defesa antiaérea de Caracas.

A Venezuela posicionou sistemas de mísseis Pechora-2M na fronteira com a Colômbia, dando início a exercícios militares, segundo a “Rossiyskaya Gazeta”.

De acordo com o jornal russo, o país latino-americano está fortalecendo sua defesa antiaérea. Em um vídeo que circula nas redes sociais,  é possível ver um comboio militar no qual estão integrados complexos de mísseis Pechora-2M.

O primeiro dos onze sistemas móveis Pechora-2M chegou à Venezuela em 2011.

No âmbito da cooperação militar russo-venezuelana, os militares do país sul-americano aprenderam a usar o sistema de mísseis antiaéreos russo na Academia Militar de Defesa Antiaérea e Cósmica de Moscou.

O Pechora-2M é uma evolução do complexo de defesa antiaérea S-125 Pechora, ou Nevá, criado na União Soviética no final da década de 1950 e incluído desde 1961 no arsenal para abater alvos aéreos com velocidade de até 550 m/s.

VEJA TAMBÉM: 4 presidentes latino-americanos atuais que experimentaram armas russas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies