Submarinos de próxima geração podem parecer “discos voadores”, segundo centro de tecnologia russo

Além do formato, objetivo é construir submersíveis não tripulados.

A aparência dos futuros submarinos mudará radicalmente em comparação com as máquinas de hoje, declarou o cientista-chefe do Centro de Pesquisa Estatal de Krilov, Valéri Polovinkin, no Salão Internacional Naval e Marítimo de São Petersburgo.

“Os submarinos do futuro terão contornos fundamentalmente diferentes dos atuais modelos. Talvez, até pareçam discos voadores. E, é claro, não terão tripulantes”, disse Polovinkin, citado pela agência TASS, ao responder se o centro está desenvolvendo projetos conceituais para construir submarinos de última geração.

Segundo o empresário, a equipe do instituto realizou recentemente uma sessão do conselho científico em que a imaginação “rolou solta”. “Especialistas de um de nossos departamentos propuseram versões de capacetes fundamentalmente novos.”

VEJA TAMBÉM: Por dentro das megaestruturas russas - Sevmash e o maior submarino nuclear do mundo 

O pesquisador lembrou também que, ainda durante o período soviético, o então projetista-chefe e diretor do Escritório de Projeto de Engenharia Marítima de Malakhit, baseado em São Petersburgo, Geôrgui Tchernichov, e o então projetista-chefe de cruzadores submarinos nucleares estratégicos, Evguêni Kovaliov, desenvolveram submarinos conceituais na forma de discos voadores, entre outros.

“O mundo está prestes a se afastar dos perfis tradicionais dos submarinos. E não ficamos de fora desse processo. Já temos alguns desenvolvimentos, mas eles ainda estão no estágio de conceituação”, destacou Polovinkin.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies