Rússia e Índia criarão versão modernizada do míssil BrahMos

Mike1979 Russia [CC BY-SA 3.0]
Armamento criado por joint venture russo-indiana poderá destruir alvos a 500 quilômetros de distância.

Rússia e Índia desenvolverão uma nova versão melhorada do míssil supersônico BrahMos que poderá atingir alvos a uma distância de mais de 500 quilômetros, segundo o codiretor da joint venture russo-indiana BrahMos, Aleksandr Maksichev.

O nome do míssil BrahMos vem da junção dos nomes de dois rios: o rio Brahmaputra, na Índia, e o rio Moskvá (ou Moscou), na capital russa.

A versão atual do míssil atinge velocidades de Mach 2.8 a 3.0 e tem um alcance de 290 quilômetros.

"Já realizamos os testes [de mísseis BrahMos], com um alcance de 400 quilômetros. Muito em breve, confirmaremos uma distância ainda maior, de 500 quilômetros. O míssil pode ser lançado de submarinos, barcos, aviões ou a partir de terra firme”, disse Maksichev.

O diretor da BrahMos, Sudhir Kumar Mishra, também confirmou os trabalhos de modernização do míssil ao jornal The Economic Times.

Segundo ele, foi possível aumentar o alcance de mísseis após a Índia ter aderido ao Regime de Controle de Tecnologia de Mísseis em 2016.

O míssil supersônico BrahMos foi desenvolvido pela Associação de Pesquisa e Produção de Construção de Máquinas Russa e pela Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa da Índia (DRDO).

LEIA TAMBÉM: Submarinos de próxima geração podem parecer “discos voadores”, segundo centro de tecnologia russo

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies