Rússia celebra com toda a pompa seu Dia da Marinha (FOTOS)

Kremlin.ru
A Rússia celebrou seu 80° Dia da Marinha apresentando as mais recentes novidades da frota em cidades de todo país.

O foco das celebrações esteve em São Petersburgo, cidade natal de Vladimir Putin. Como já faz parte da tradição, o presidente saudou o desfile enquanto ele passava.

Neste ano, cidadãos e visitantes de São Petersburgo puderam ver ao vivo o maior e mais pesado submarino nuclear do mundo, "Dmitry Donskoy". Armado com mísseis balísticos intercontinentais "Bulava", ele é o último moicano do império nuclear soviético. Na atualidade, os submarinos da classe "Dmitry Donskoy" estão com os dias contados: deverão ser substituídos pelos monstros da classe de quarta geração “Borei”.

Esta embarcação é uma das últimas novidades, a fragata do projeto 22350 "Almirante Gorshkov". Ela é parte da frota do norte da Marinha russa e está armada com os mais modernos mísseis guiados existentes, como o "Kalibr" e o "Oniks". Dizem que essas fragatas, especificamente, terão prioridade em receber os primeiros mísseis hipersônicos "Tsircon", que têm oito vezes a velocidade do som (quase 2,5 quilômetros por segundo).

Vladimir Putin passou em uma lancha junto com a linha de frente de uma embarcação bélica e subiu a bordo de dois barcos de guerra para verificar pessoalmente os navios mais modernos e suas tripulações.

Quem esteve no desfile em São Petersburgo também pôde ver diversos submarinos furtivos armados com mísseis de cruzeiro Kalibr, como, por exemplo, o do Projeto 636.6 “Kolpino”. Eles chegaram a ser apelidados de “Buracos Negros” pela Otan por suas características furtivas e subaquáticas na detecção de alvos a uma distância de três a quatro vezes superior à dos sistemas de radar do possível inimigo.

O desfile deste ano em São Petersburgo foi um dos maiores da história da Rússia. No total, havia mais de 4.000 marinheiros em 43 navios de combate, submarinos e aeronaves desfilando por todo o país.

Em São Petersburgo, a Marinha russa foi acompanhada pela chinesa, que apresentou seu destróier "Hefei", a fragata "Yuncheng" e a embarcação de apoio "Lomako".

Como parte das celebrações, oficiais navais russos também exibiram seu novo uniforme branco. Os recrutas em serviço militar em navios bélicos estavam vestidos com o uniforme histórico da frota imperial russa.

Fuzileiros da Marinha também demonstraram suas habilidades durante as celebrações navais na Crimeia.

aNUNCIAR: https://br.rbth.com/ciencia/82483-robo-salva-vidas-russo

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies