Rússia cria robô salva-vidas para resgatar vítimas de afogamento (VÍDEO)

NPP RADAR MMS
Sistema encontra pessoas em zonas de naufrágio e se transforma em cápsula de salvamento.

No final de junho, durante a exposição Army-2019, cientistas russos apresentaram um novo drone de busca e salvamento com inteligência artificial, o Aurora.

O aparelho autônomo pode localizar pessoas se afogando e salvá-las, transformando-se em uma cápsula de salvamento.

“Ele é um robô com inteligência artificial que usa neurotecnologias e visão técnica para buscar pessoas no mar”, explicou Ivan Antsev, diretor da empresa RADAR MMS, que criou o drone. Segundo ele, o drone não tem análogos no mundo.

O robô Aurora é levado às zonas de desastres em helicópteros não tripulados equipados com sistemas opto métricos e radio eletrônicos que permitem localizar pessoas em condições de visibilidade zero.

Atualmente, existem na Rússia dois tipos de helicópteros desse tipo: um VANT grande, que pode levar até 150 kg de carga, e um de pequeno porte, com capacidade apenas para um robô Aurora.

Além do Ministério das Situações de Emergência, os helicópteros não tripulados com robôs são utilizados pelas petrolíferas Gazprom e Rosneft durante operações de busca e salvamento em plataformas de petróleo e gás em mar aberto, e ajudam a encontrar novas jazidas de petróleo e gás no subterrâneo e debaixo d'água.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies