O que faz um caça americano F-18 com a estrela vermelha da Força Aérea Russa na cauda? Entenda

Consegue imaginar russos ou chineses pintando seus aviões com esquemas de cores dos EUA? Os esquadrões de treinamento da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, do inglês United States Air Force) o fazem – e eles são chamados de “agressores”.

O treinamento com essas unidades é projetado para que a imagem do adversário seja mais familiar possível aos pilotos norte-americanos, já que alguns segundos de paralisia ou dúvida diante do adversário podem terminar em morte.

Os chamados “agressores” imitam, assim, a cor e as características técnicas de aeronaves inimigas. 

Na base de Nellis (Nevada), por exemplo, é normal ver aviões pseudorrussos nas cores cinza e azul, além também da camuflagem para o deserto.

Um dos últimos exemplares registrados foi um F-16 pintado com uma pintura similar à do caça Su-57. Clique aqui para vê-lo.

VEJA TAMBÉM: Todos os truques de Hollywood ao imitar aviões russos em seus filmes 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies