Empresa russa cria simulador de tiro para o Exército baseado em ‘Counter-Strike’

Consórcio Kalashnikov
A Tsintochmash (subsidiária da Rostec, organização pública dedicada ao desenvolvimento tecnológico) se prepara para lançar ‘Knut’, novo simulador de tiro destinado tanto a especialistas como novatos.

De acordo com a assessoria de imprensa da Tsintochmash, a empresa vem contando com a experiência de jogos populares como “Counter-Strike, para se adaptar, o máximo possível aos novos recrutas, dos quais muitos têm uma vasta experiência nesses jogos”, informou o jornal “Rossiyskaya Gazeta”.

O ‘Knut’ permite aprender a atirar em distâncias entre 100 e 700 com diferentes armas: AK-74, fuzil de precisão SVD com luneta PSO-1, metralhadora RPK-74, PCM e um lançador de granadas RPG- 7V1.

O simulador é bastante realista e conta, inclusive, com um impulso eletromagnético que se assemelha ao recuo de uma arma.

LEIA TAMBÉM: 5 mitos sobre o AK-47 

O curso inicial  de treinamento do ‘Knut’ consiste em 10 a 12 aulas de 15 minutos cada. É possível atirar deitado, de joelhos ou em pé, contra alvos fixos ou móveis.

O treinamento foi totalmente adaptado ao curso de tiro de armas leves ensinado pelas Forças Armadas da Federação Russa.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies