Rússia desenvolverá novo foguete para pisar na Lua

Grigori Sisóiev/Sputnik
País quer criar uma estação lunar junto aos países do Brics para competir com a dos EUA.

A agência espacial russa Roscosmos desenvolverá um novo foguete superpesado para conquistar a Lua, segundo o presidente da instituição, Dmítri Rogôzin.

"Todos os especialistas em projetos da Roscosmos participarão do desenvolvimento do novo foguete superpesado que permitirá o início do programa de estudo e conquista da Lua", declarou Rogôzin.

A "United Rocket and Space Corporation" já está resolvendo questões técnicas e organizacionais relacionadas à construção do foguete, cujo objetivo principal será o estudo do espaço exterior, inclusive a Lua e Marte, segundo a Roscosmos.

LEIA TAMBÉM: Por que a URSS não enviou cosmonautas à Lua?

A agência espacial russa também construirá a infraestrutura necessária para receber o foguete no cosmódromo Vostôtchni, na Sibéria, em 2026. O primeiro lançamento está previsto para 2028.

Segundo estimativas da Roscosmos, o desenvolvimento do foguete e da infraestrutura custarão cerca de US$ 23 milhões.

Em setembro, Rogôzin declarou que a Rússia não tem intenção de participar do projeto de criação de uma estação lunar nas condições oferecidas pelos EUA e sugeriu a criação de sua própria estação em cooperação com os países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 

Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies