Entrada da nave soviética Venera 4 na atmosfera de Vênus completa 51 anos

Rave (CC BY-SA 3.0)
União Soviética lançou a primeira nave espacial capaz de coletar dados da atmosfera de outro planeta.

A União Soviética enviou missões a Vênus entre 1961 e 1984. A Venera 3, lançada em 16 de novembro de 1965, colidiu contra a superfície de Vênus em março de 1966, e não conseguiu transferir informações sobre o planeta para a Terra.

Um ano depois, a Venera 4 tornou-se, porém, a primeira nave espacial a coletar dados sobre a atmosfera de outro planeta.

Depois de realizar a primeira análise química da atmosfera venusiana, mostrou que esta contém principalmente dióxido de carbono, com uma pequena porcentagem de nitrogênio e menos de 1% de oxigênio e vapor de água. Também detectou um campo magnético residual fraco e nenhuma radiação.

Em 1975, o navio Venera 9 transmitiu imagens à Terra a partir da superfície de Vênus. Em 1982, a sonda Venera 13 capturou imagens coloridas e panorâmicas, bem como faixas de áudio.

O projeto espacial russo Venera-D se prepara agora para visitar Vênus em 2026.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies