6 veículos anfíbios soviéticos que parecem ter saído de um filme de ficção científica

Automóveis vão desde cópias de modelos norte-americanos a automóveis gigantes desenhados por cientistas da própria URSS.

1. GAZ-46 MAV

A produção desse pequeno carro flutuante que levava o motor de um dos carros mais populares da União Soviética, o Pobeda, começou logo após a Segunda Guerra Mundial.

Este carro anfíbio era uma cópia do GPA, da norte-americana Ford, e as semelhanças entre os veículos são patentes. O GAZ-46 foi produzido entre 1953 e 1958, e seu objetivo principal era transportar tropas e realizar tarefas militares em ambientes aquáticos. O GAZ-46 acomodava até cinco pessoas.

2. BAV-485

O carro flutuante BAV, de maiores dimensões, também foi projetado baseado em um veículo norte-americano: o caminhão anfíbio DUKW-353. A URSS recebeu centenas de carros DUKW durante a Segunda Guerra Mundial como parte de um programa de empréstimos e arrendamento.

A versão soviética podia transportar 28 pessoas ou 2,5 toneladas de carga a bordo. O BAV-485 foi fabricado até o início dos anos 1960, mas ainda foi muito utilizado nos países do bloco oriental e no Oriente Médio por mais duas décadas.

3. PTS

Nos anos 1960, a URSS criou seu primeiro veículo anfíbio de porte médio.

O primeiro modelo foi apresentado em 1965, e tinha uma capacidade de carga duas vezes maior do que o BAV: cinco toneladas. Além disso, ele recebeu equipamentos e blindagens que possibilitavam suas operações em áreas afetadas por radiação e armas biológicas ou químicas.

4. VAZ-2122 Reká

O mais popular veículo off-road soviético, o Niva, também foi usado como base de um veículo anfíbio. Este foi projetado por encomenda do Ministério da Defesa soviético em 1976 sob o nome de Reká (em português, “rio”).

Foram produzidos apenas 21 destes automóveis, pois eles não atenderam às expectativas dos militares soviéticos. Durante a Perestroika, o projeto foi abandonado.

5. LuAZ-967

O LuAZ-967 foi projetado para ser utilizado pelas Tropas Aerotransportadas. O principal objetivo do veículo era retirar soldados feridos do campo de batalha e fornecer munição.

Este veículo anfíbio era leve o suficiente para ser transportado por via aérea, mas sua carga se limitava a apenas cerca de 400 quilos. Ao contrário do anfíbio Niva, este veículo foi produzido em massa nas décadas de 1960 e 1970.

6. UAZ 3907 Yaguar

A Fábrica de Carros de Uliánovsk (UAZ, na sigla em russo) produziu um grande número de veículos off-road. No final dos anos 1970, ela começou a desenvolver um veículo anfíbio leve para as tropas e para a Guarda de Fronteira. O Yaguar tinha capacidade para transportar até 600 quilos.

Em 1989, a UAZ produziu 14 veículos Yaguar, que podiam atingir uma velocidade de até 100 km/h em água e suportar ondas de choque de uma explosão nuclear. No entanto, em 1991, após o colapso da União Soviética, o projeto foi suspenso.

Descubra aqui os 11 navios mais poderosos da Marinha da Rússia!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies