Rússia testa tecnologia que permite consumidores falarem com anúncios publicitários

Legion Media
Tecnologia de voz para conversar com as marcas anunciadas foi desenvolvida por startup do Vale do Silício e vem sendo usada por um dos maiores bancos russos.

Durante anos, a publicidade se limitou a ser uma via de mão única: as marcas conversam conosco, mas não podemos responder. Isso não permitia que as empresas recebessem comentários, e os consumidores não podiam ignorar os anúncios.

Na Rússia, porém, está sendo implantada uma nova tecnologia de publicidade ativada por voz e que interage com os ouvintes, fazendo perguntas sobre o produto. Se um usuário começar a responder positivamente, dizendo “sim” ou “concordo”, ele receberá mais informações sobre a marca, ou será redirecionado para o seu site.

A campanha lançada pelo Alfa-Bank, um dos maiores bancos privados da Rússia, em parceria com a agência de comunicação integrada OMD, tem por objetivo aumentar o conhecimento sobre um novo cartão de débito junto ao público-alvo.

A Instreamatic.ai, startup que criou a tecnologia, tem sede em São Francisco e foi lançada por Stas Tushinski, um emigrante russo nos EUA. A plataforma alimentada por inteligência artificial permite que empresas de mídia mensurem, gerenciem e monetizem o conteúdo de áudio por meio de publicidade interativa ativada por voz.

“Para nós, é igualmente importante melhorar a experiência de publicidade do usuário, o que foi possível graças ao uso da ativação por voz. Além disso, obtivemos resultados surpreendentes para o anunciante”, disse Tushinski. “Estamos animados pois há sempre empresas ingressando no mercado de publicidade ativada por voz.”

Os usuários não se entusiasmam com a publicidade, e isso é algo que a maioria das marcas já tem conhecimento. Mas a capacidade de falar com os anúncios, de acordo com os resultados da campanha, melhorou o comprometimento dos usuários. Segundo o Instreamatic.ai, 14,4% interagiram com as propagandas – dados que são 23 vezes mais altos que a taxa média de um anúncio para celular. Entre esses ouvintes, 37,3% disseram “sim” a um anúncio, que já foi veiculado cerca de 500.475 vezes.

Recentemente, o Gazprom-Media Radio, um dos maiores grupos de rádio da Rússia, também começou a testar a tecnologia em todos os seus aplicativos.

Se publicidade é a sua praia, não deixe de conferir os anúncios veiculados na URSS para produtos que sequer existiam

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies